Esclarecimentos sobre a assembleia para eleição da comissão eleitoral realizada neste dia 11

A organização das eleições do Sintrajud neste ano está acontecendo de forma totalmente nova. Em meio a uma pandemia que afeta todo o globo de forma ainda não mensurável, estamos realizando um processo eleitoral, com a responsabilidade e dever de assegurar todas as garantias democráticas, a ampla participação dos sindicalizados na capital e em todos os rincões do estado (jovens, idosos, ativos, aposentados, com e sem acesso às novas tecnologias).

Nesse cenário, organizamos a convocação do processo eleitoral em um prazo de cinco dias, conforme decisão judicial buscada pela direção do Sindicato para garantir a prorrogação do mandato frente ao adiamento das eleições imposto pela pandemia. Autorizada a realização do pleito por meio eletrônico, que exige ferramentas e condições atípicas em relação ao período anterior à crise sanitária, buscamos uma solução que assegurasse a ampla participação e a identificação dos eleitores. O desafio de garantir efetivamente esses compromissos, que são constitutivos da História do Sintrajud, é enorme.

Ainda que a realidade seja complexa, consideramos importante pedir desculpas à categoria pelos transtornos, em especial aos colegas que se mobilizaram a fim de participar da assembleia.

Por isso, diante dos problemas de funcionamento no sistema verificados hoje, houve uma confluência para a única saída possível, assumida por consenso entre os presentes. Suspendemos a assembleia, vamos consolidar a lista dos servidores e servidoras que atenderam ao chamado do Sindicato e se credenciaram na manhã deste sábado, para retomar os trabalhos assegurando que todos e todas possam exercer seu direito de participação sem prejuízo ao acesso, como preconiza o estatuto do Sintrajud.

O credenciamento de mais de 400 pessoas e a presença de 375 servidores à assembleia, na realidade em que estamos, evidenciam a força da nossa categoria e a respeitabilidade do Sintrajud, pela qual essa diretoria tem o mais irrestrito compromisso em zelar.

Infelizmente, verificamos ao longo do dia um nível tal de instabilidade e inconsistências na emissão de senhas e no sistema de votação, de responsabilidade da empresa contratada, que vamos apurar rigorosamente. Também reafirmamos o compromisso de buscar alternativas aos problemas que hoje prejudicaram a participação da categoria, as candidaturas à comissão eleitoral e, por consequência, ambas as chapas inscritas no prazo determinado pelo edital de convocação do processo eleitoral.

Não houve nada parecido nos testes prévios, e é inaceitável que tenha acontecido quando servidoras e servidores, razão de ser do Sindicato, compareceram para decidir sobre os rumos da entidade.

Cumprimos todas as determinações judiciais exaradas pela juíza Luciana Bezerra de Oliveira nos autos do Processo n° 1000559-83.2020.5.02.0057, que tramita na 57ª Vara do Trabalho de São Paulo. Em verdade, fomos além e estendemos o período de credenciamento até as 13h30, conscientes de que garantir a participação de todas e todos os interessados em paralelo ao início da assembleia seria desafiador, mas necessário. Instalamos a assembleia com menos de 15 minutos de atraso e fizemos todos os esforços para contornar os problemas.

No entanto, diante da impossibilidade de solucionar as falhas em tempo hábil, continuaremos o processo de organização das eleições e o credenciamento (assegurado o direito de quem já se credenciou neste dia 11 manter o procedimento realizado ou fazer novo credenciamento somente se assim desejar). Realizaremos nossa assembleia no próximo dia 18 de julho (sábado), às 14 horas, mantendo o compromisso de assegurar eleições transparentes, democráticas, com ampla representatividade como a da assembleia deste sábado, e o fortalecimento de nosso Sintrajud. Estamos dentro do prazo estatutário e está preservado o cronograma eleitoral.

Seguimos juntos, porque juntos somos mais fortes!




Link de acesso para a assembleia

A partir das 13 horas, informe novamente seu CPF aqui para receber o link da assembleia.

Caso tenha dificuldade para ingressar no link acima, clique aqui.

Informamos a todos que a votação não começou. Todos receberão a senha antes do início da votação. Há uma instabilidade por excesso de acessos na plataforma. Estamos solucionando o acesso dessas pessoas para que ninguém seja prejudicado.

Em virtude de problemas com a plataforma Zoom no início do credenciamento, o mesmo foi prorrogado até as 13h30. Mas a assembleia que elegerá a comissão eleitoral que vai conduzir o processo 100% digital do Sintrajud neste ano continua convocada para as 13 horas, em primeira convocação. Apresente-se à sala da atividade com antecedência, conheça as candidaturas e participe da decisão sobre os rumos do seu Sindicato.

Todo o processo telepresencial acontecerá pelo aplicativo Zoom, que você pode baixar clicando abaixo:
– para celular iPhone
– para celular Android
– para computadores

Orientamos que baixe o aplicativo com antecedência, se ainda não o tiver instalado em seu aparelho, para não atrasar sua entrada na assembleia. Caso encontre qualquer dificuldade, pode entrar em contato com o Sindicato pelo WhatsApp (11) 99128-5217 (basta clicar aqui).

Participar da assembleia também é super fácil! Veja abaixo:

1) A partir das 13 horas você deverá retornar ao site do Sindicato e informar novamente seu CPF aquiaqui para receber o link da assembleia;

2) Após ingressar na assembleia, caso tenha se credenciado pela manhã, você receberá a senha de votações. Se não tiver se credenciado no horário estabelecido no edital divulgado em 18 de junho, poderá acompanhar a assembleia. A senha será enviada ao e-mail ou número de telefone para recebimento de mensagem SMS que você indicar.

3) Apresentadas as candidaturas e encerrado o debate, será iniciado o regime de votação, que terá duração de até 60 minutos contados a partir de seu anúncio/início;

3.1) Com sua senha de votação – enviada após ingresso na assembleia e mediante o cadastramento realizado pela manhã – você poderá votar em até 3 (três) candidatos a integrar a comissão eleitoral.

4) Após a proclamação dos eleitos à comissão, será aberto novo processo de votação de até 60 minutos para aferir quem dos três eleitos presidirá a comissão. Para esta votação você usará a mesma senha recebida após ingressar na assembleia.

Encerradas as votações, a comissão eleitoral eleita conduzirá o processo das Eleições Sintrajud 2020: 100% digitais, de acordo com o estatuto do Sintrajud e o regulamento do processo eleitoral para composição da diretoria executiva e do conselho fiscal. Serão observadas ainda, no que couber, a Lei 14.010/2020 e os termos das decisões judiciais proferidas nos autos do processo nº 1000559-83.2020.5.02.0057, que tramita na 57ª Vara do Trabalho de São Paulo.

As chapas inscritas para disputar a eleição indicarão na assembleia seu representante para os trabalhos da comissão eleitoral, mas a homologação do conjunto dos inscritos e da própria chapa, bem como das candidaturas ao conselho fiscal, estará condicionada a decisão da comissão eleitoral eleita.

E quais são as funções da comissão eleitoral?

Conforme o Art. 50º do estatuto da entidade, a comissão eleitoral julga as impugnações de candidaturas, com base nas disposições estabelecidas neste Estatuto; organiza, coordena e fiscaliza todo o processo eleitoral; convida representante das entidades às quais o Sindicato é filiado (Fenajufe e CSP-Conlutas) a acompanhar o processo na condição de observadores; coleta os votos dos associados em dia e hora pré-determinados.

Neste ano, a votação acontecerá nos dias 12 e 13 de agosto, das 9h às 19h, conforme previsto no edital de convocação das eleições.




Acesse aqui o link de credenciamento

Aqui você acessa diretamente o link para o credenciamento.

Considerando problemas de lentidão havidos na plataforma ZOOM, no início do credenciamento, a diretoria decidiu por prorrogar o horário final de credenciamento até às 13h30, em observância à acessibilidade determinado na decisão  judicial (Processo n° 1000559-83.2020.5.02.0057, que tramita na 57ª Vara do Trabalho de São Paulo).




Link de acesso ao credenciamento para a assembleia

Conforme edital publicado em 18 de junho, na página especial sobre as eleições do Sintrajud e em matéria do último dia 8 de julho, a assembleia deste sábado (11) vai definir a comissão eleitoral que conduzirá o processo 100% digital que elegerá a diretoria executiva e o conselho fiscal que estarão à frente da entidade de 2020 a 2023. Caso tenha interesse em se candidatar à comissão, você deve manifestá-lo no momento do credenciamento.

Clicando aqui, você que é sindicalizada ou sindicalizado poderá se credenciar para participar da assembleia, das 9h às 13h30 (prazo alterado às 11h46 Considerando problemas de lentidão havidos na plataforma ZOOM, no início do credenciamento).

Como sempre ocorre nas assembleias do Sindicato, o credenciamento assegura que todos os associados participem das assembleias com segurança e em igualdade de condições, possibilitando que estejam devidamente identificados todos os que vão decidir sobre os rumos do Sintrajud. Por isso é necessária a apresentação de documento oficial com foto, constando o número do CPF. Caso em seu documento de identificação não conste o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), será necessário apresentá-lo.

A direção do Sindicato ressalta a importância de as sindicalizadas e sindicalizados se apresentarem para o credenciamento o mais cedo possível, para garantir o lançamento dos dados no sistema de votação e a participação na assembleia com tranquilidade.

Desde o início do processo, a diretoria do Sindicato preocupou-se em garantir a participação de todas e todos. Decisão proferida pela juíza da 57ª Vara Trabalhista, Luciana Bezerra de Oliveira, estendeu o período de credenciamento até às 12h45, o que será integralmente cumprido pelo Sintrajud.

Na mesma decisão, a magistrada reconheceu e legitimou o sistema de voto na plataforma telepresencial e digital e o credenciamento previsto, que frisou ser “necessário como instrumento para permitir a votação” secreta, conforme previsto no parágrafo 3º artigo 38 do estatuto do Sindicato. Os procedimentos adotados pela direção do Sintrajud foram referendados na decisão judicial, que ressalta, em particular neste momento, a necessidade de atuar em consonância com a legislação promulgada para responder à crise sanitária na qual o país está mergulhado.

“Como o tempo entre o fim do credenciamento e o início da assembleia será menor, para não perder nem um minuto de nossa atividade, é importante chegar cedo para se credenciar”, ressalta o diretor do Sindicato e coordenador-geral da Fenajufe Fabiano dos Santos.

Prezando pela transparência e legitimidade do processo, a magistrada está convidada a acompanhar a assembleia, o que será formalizado em petição formal apresentada pela direção do Sindicato nos autos do processo na manhã deste sábado, com as informações do link de acesso e senha para ingresso.

Todo o processo telepresencial acontecerá pelo aplicativo Zoom, que você pode baixar clicando abaixo:
– para celular iPhone
– para celular Android
– para computadores

Orientamos que baixe o aplicativo com antecedência, se ainda não o tiver instalado em seu aparelho, para não atrasar sua entrada na assembleia. Caso encontre qualquer dificuldade, pode entrar em contato com o Sindicato pelo WhatsApp (11) 99128-5217 (basta clicar aqui).

Atenção aos procedimentos necessários ao credenciamento:

1) Clicar no link de credenciamento aqui;

2) Ao clicar no link, você ingressará no ambiente telepresencial e um/a atendente habilitado/a pelo Sindicato coletará suas informações de identificação, checando seu documento oficial com foto e número do CPF para confirmar que é associado/a ao Sintrajud e credenciá-lo/a a participar da assembleia;

3) Pronto! Após a confirmação de sua identidade e sindicalização, informe seu telefone para envio de mensagem SMS e e-mail e você estará credenciado/a para a assembleia.

Participar da assembleia também é super fácil! Veja abaixo:

1) A partir das 13 horas você deverá retornar ao site do Sindicato e informar novamente seu CPF para receber o link da assembleia;

2) Após ingressar na assembleia, caso tenha se credenciado pela manhã, você receberá a senha de votações. Se não tiver se credenciado no horário estabelecido no edital divulgado em 18 de junho, poderá acompanhar a assembleia. A senha será enviada ao e-mail ou número de telefone para recebimento de mensagem SMS que você indicar.

3) Apresentadas as candidaturas e encerrado o debate, será iniciado o regime de votação, que terá duração de até 60 minutos contados a partir de seu anúncio/início;

3.1) Com sua senha de votação – enviada após ingresso na assembleia e mediante o cadastramento realizado pela manhã – você poderá votar em até 3 (três) candidatos a integrar a comissão eleitoral.

4) Após a proclamação dos eleitos à comissão, será aberto novo processo de votação de até 60 minutos para aferir quem dos três eleitos presidirá a comissão. Para esta votação você usará a mesma senha recebida após ingressar na assembleia.

Encerradas as votações, a comissão eleitoral eleita conduzirá o processo das Eleições Sintrajud 2020: 100% digitais, de acordo com o estatuto do Sintrajud e o regulamento do processo eleitoral para composição da diretoria executiva e do conselho fiscal. Serão observadas ainda, no que couber, a Lei 14.010/2020 e os termos das decisões judiciais proferidas nos autos do processo nº 1000559-83.2020.5.02.0057, que tramita na 57ª Vara do Trabalho de São Paulo.

As chapas inscritas para disputar a eleição indicarão na assembleia seu representante para os trabalhos da comissão eleitoral, mas a homologação do conjunto dos inscritos e da própria chapa, bem como das candidaturas ao conselho fiscal, estará condicionada a decisão da comissão eleitoral eleita.

E quais são as funções da comissão eleitoral?

Conforme o Art. 50º do estatuto da entidade, a comissão eleitoral julga as impugnações de candidaturas, com base nas disposições estabelecidas neste Estatuto; organiza, coordena e fiscaliza todo o processo eleitoral; convida representante das entidades às quais o Sindicato é filiado (Fenajufe e CSP-Conlutas) a acompanhar o processo na condição de observadores; coleta os votos dos associados em dia e hora pré-determinados.

Neste ano, a votação acontecerá nos dias 12 e 13 de agosto, das 9h às 19h, conforme previsto no edital de convocação das eleições.




Assembleia online no dia 11 elege comissão eleitoral do Sintrajud

NOTA DA REDAÇÃO: O CREDENCIAMENTO PARA PARTICIPAR DA ASSEMBLEIA DE ELEIÇÃO DA COMISSÃO ELEITORAL SE ESTENDERÁ ATÉ ÀS 12H45.

As eleições do Sintrajud estão chegando, e neste ano o processo terá uma série de novidades, acontecendo de forma 100% digital. No próximo sábado, às 13 horas, será realizada a assembleia online onde será decidida pela categoria a composição da comissão eleitoral. A comissão será composta por, no mínimo, três servidores e/ou servidoras do Judiciário Federal no Estado de São Paulo filiados ao Sindicato e em dia com as obrigações estatutárias. A formação total da comissão será necessariamente ímpar, por isso, cada um dos presentes à assembleia poderá votar em até três postulantes a integrar o colegiado, ao qual vão se somar um representante de cada chapa inscrita no pleito.

A assembleia acontecerá por meio da plataforma online Zoom. Se você ainda não tem o aplicativo instalado, basta clicar aqui para Android, iPhone ou computadores.

Atenção: você tem que se credenciar para votar

Para assegurar que todos os associados possam participar com segurança e em igualdade de condições, uma das principais novidades do processo digital será o credenciamento prévio para assegurar a identificação de todos os participantes das decisões sobre os rumos do Sintrajud.

A votação na assembleia será precedida do credenciamento das servidoras e servidores, de forma super simples. Basta acessar o site do Sindicato entre 9h e 11h30 do dia 11 de julho e entrar no link de credenciamento telepresencial. Atendentes habilitados pelo Sintrajud vão solicitar apresentação de documento oficial com foto e CPF. Caso no seu documento de identificação não conste o número do Cadastro de Pessoa Física será necessário apresentá-lo.

Caso tenha interesse em se candidatar à comissão, deve manifestá-lo no momento do credenciamento.

Senha para ingresso na assembleia

A partir das 13 horas, será possível acessar a sala virtual, por meio do link que estará disponível aqui no site, conhecer as candidaturas e participar dos debates.

A senha para votação dos candidatos a integrantes da comissão eleitoral somente será enviada após o início da assembleia aos associados que se credenciarem no período da manhã e ingressarem no ambiente virtual onde se darão os debates.

Esses procedimentos são fundamentais para garantir a democracia e participação de todas e todos os colegas dos quatro ramos do Judiciário Federal no Estado, com segurança sanitária e transparência.

Os atos de identificação, credenciamento e assembleia serão gravados em vídeo, para fins de segurança, resguardado o voto direto e secreto.

Votação

Uma vez iniciado, o regime de votação por meio do sistema digital e telepresencial terá duração de até 60 (sessenta) minutos, sendo realizado o voto com a senha recebida após o início da assembleia. Ressalta-se que a senha de votação será distribuída somente aos servidores e servidoras credenciados na parte da manhã e que ingressarem no ambiente virtual da assembleia.

A apuração dos votos dos eleitos para integrar a comissão eleitoral se dará na própria assembleia. Na sequência, haverá outra votação, para decidir, dentre os três integrantes eleitos anteriormente, quem presidirá a comissão.

A comissão eleitoral será empossada na própria assembleia. Além dos membros eleitos, o colegiado terá participação de um/a representante de cada chapa inscrita. A partir daí, toda a condução do processo será de responsabilidade da comissão eleitoral, de acordo com o estatuto do Sintrajud e o regulamento do processo eleitoral para composição da diretoria executiva e do conselho fiscal. Serão observadas ainda, no que couber, a Lei 14.010/2020 e os termos da decisão judicial proferida nos autos do processo nº 1000559-83.2020.5.02.0057, que tramita na 57ª Vara do Trabalho de São Paulo.

As chapas inscritas para disputar a eleição indicarão na assembleia seu representante para os trabalhos da comissão eleitoral, mas a homologação do conjunto dos inscritos e da própria chapa, bem como das candidaturas ao conselho fiscal, estará condicionada a parecer da comissão eleitoral eleita.

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais sobre o processo.




ATENÇÃO: Esta quarta-feira, 8/7, é o último dia para inscrição de chapas à direção do Sintrajud

Nesta quarta-feira (8 de julho), às 19 horas, se encerra o prazo de inscrição de chapas ao processo eleitoral que vai conformar a diretoria executiva do Sintrajud na gestão 2020-2023, conforme edital publicado no dia 18 de junho aqui no site, no Facebook, Twitter, Instagram e em formato digital e impresso Jornal do Sintrajud (edição 592) que foi enviado por correspondência à residência de todos os associados. Também se encerra no mesmo horário o prazo de inscrição de candidaturas ao conselho fiscal da entidade.

Acesse aqui os formulários para inscrição nominal de chapa completa (a ser preenchido pelo responsável/representante), candidatos/as à diretoria executiva e candidatos/as  ao conselho fiscal.

É muito importante ler as orientações cuidadosamente para evitar erros, e atentar para o fato de que existem três formulários diferentes (o de inscrição nominal da/s chapa/s completa/s, o de inscrição de candidaturas à diretoria executiva e o de candidaturas ao conselho fiscal).

Independente da inscrição de chapa, cada candidato/a terá que preencher e assinar o fomulário de candidatura para o cargo que pleiteia. Também é necessário que cada pessoa mande fotografia ou cópia digitalizada de seu RG e CPF para o servidor responsável pela inscrição nominal de chapa completa/s, pois esta pessoa terá a função de cadastrar todos os formulários e documentos no sistema, e efetivar a inscrição.

Os candidatos e candidatas ao conselho fiscal devem preencher o formulário específico, imprimir, assinar e enviar para <contato@demokratos.com.br>, junto com a fotografia ou cópia digitalizada do RG e CPF, visto que não estão vinculados formalmente a nenhuma chapa.

Atualização cadastral

Além dos formulários para inscrição de chapas e candidaturas está disponível também a atualização cadastral para todas e todos os sindicalizados ao Sintrajud. A atualização dos dados cadastrais não tem nenhuma relação com os documentos de inscrição de candidaturas e chapas, podendo ser preenchida por qualquer das filiadas e filiados, e sendo importante, em especial nessa época da pandemia, para que você receba com segurança todas as informações de iniciativas do Sindicato e sobre o processo eleitoral.

Clique aqui e atualize seus dados cadastrais para receber todas as informações sobre as eleições Sintrajud 2020: 100% digitais no contato que indicar.

Nenhum sindicalizado/a até o dia 12 de junho deste ano em dia com as obrigações estatutárias será impedido/a de votar se não atualizar o cadastro. Ele serve para que tenhamos certeza de que você estará recebendo todas as informações da forma mais célere e de sua preferência.

 




Assista à live sobre solidariedade e luta contra a banalização das mortes por Covid-19




Assembleia online do TRE, segunda às 14h, debate mobilização contra trabalho presencial

Os servidores da Justiça Eleitoral fazem nova assembleia setorial na próxima segunda-feira, 6 de julho, a partir das 14 horas, para discutir a construção de uma “greve sanitária” contra o retorno às atividades presenciais. A decisão, aprovada na assembleia desta sexta-feira, 3, foi impulsionada pela divulgação da ‘Linha Direta’ 184, que traz orientações para a retomada parcial do trabalho nos cartórios a partir da semana que vem.

Os servidores já estavam reunidos na internet para debater a mobilização contra a realização de eleições em meio à pandemia quando o Tribunal emitiu o comunicado interno, “recomendando” que os cartórios funcionem inicialmente a portas fechadas, das 13 às 17 horas. Apesar de se apresentar como “recomendação”, o comunicado responsabiliza os chefes de cartório pelo não comparecimento dos servidores às unidades.

Além disso, embora essas orientações já tivessem sido divulgadas anteriormente pelo Tribunal, os servidores avaliam que a formalização em ‘Linha Direta’ prepara o lançamento de um calendário para o retorno do trabalho presencial, sem qualquer indicação de queda nos índices da pandemia. O próprio TRE já admitiu que realiza estudos para a retomada das suas atividades.

Zoom

A assembleia acontecerá novamente por meio da plataforma Zoom. É preciso baixar o aplicativo para smartphones e tablets ou a versão que permite o uso no computador de mesa e notebooks. O programa abrirá uma tela para que você se identifique. Informe seu nome completo e o prédio onde trabalha ou se é aposentada/o (por exemplo: “José da Silva SEDE” ou “Maria da Silva APOSENTADA”). Daí você será autorizada ou autorizado pelo administrador da sala a ingressar na assembleia e terá sua participação garantida.

É importante fazer o procedimento de instalação do programa com antecedência. Baixe aqui o aplicativo Zoom para celular iPhone, para Android ou para computadores. Em caso de dúvida ou problema no momento da assembleia, entre em contato pelo WhatsApp (11) 99128-5217. Basta clicar aqui.

Acesse aqui o link para participar da terceira assembleia setorial.

Bahia dá o exemplo

A movimentação do Tribunal acompanha a de outros setores do Judiciário: ainda nesta sexta-feira, o TRF-3 editou Portaria que determina o restabelecimento gradual das atividades presenciais a partir de 27 de julho e o Tribunal de Justiça do Rio o fez já nesta semana, enfrentando a resistência de seus servidores, que deflagraram greve.

No âmbito da Justiça Eleitoral, o TRE da Bahia também fixou cronograma de retorno às atividades presenciais, com a reabertura dos cartórios neste mês, em regime de plantão, e a volta dos servidores não integrantes dos grupos de risco em 30 dias. O retorno da totalidade dos servidores foi programado pelo TRE baiano para daqui a dois meses. Porém, também nesse caso os servidores rejeitaram o calendário proposto, já que os índices de contaminação pela covid-19 seguem avançando no estado e em todo o país, e decidiram não retornar ao trabalho presencial – a chamada “greve sanitária”.

“Vamos nos recusar a colocar em risco as nossas vidas e a dos nossos familiares”, disse Fred Barboza, servidor do TRE-BA e coordenador do Sindjufe-BA, ao participar da assembleia setorial dos colegas de São Paulo, nesta sexta-feira. “Entramos com recurso solicitando a revogação da portaria, que considera apenas o calendário eleitoral e ignora a realidade do servidor”, acrescentou. O Tribunal baiano chegou a formar uma comissão para estudar a volta do trabalho presencial, mas não permitiu a participação do Sindicato, informou o servidor.

Para os servidores que participaram da assembleia, a decisão do TRE da Bahia sinaliza as medidas que o Regional paulista também pode adotar, e a “greve sanitária” dos colegas baianos indica o caminho da resistência.

Foto: Ag. Câmara

Devido às eleições municipais, a Justiça Eleitoral está ainda mais pressionada do que os demais ramos do Judiciário Federal para retomar o funcionamento normal. Os servidores alertam que a PEC aprovada nesta semana pela Câmara (foto à esq.), com o adiamento do pleito para 15 e 29 de novembro, em nada ameniza o risco de explosão do contágio pelo novo coronavirus.

Encontro nacional

“Precisamos dialogar com a população para explicar a quantidade de coisas a serem feitas para preparar a eleição”, afirmou o diretor de base Marcos Pereira, servidor de cartório em Parelheiros, na zona sul de São Paulo. “Depende de nós mostrar que não concordamos com isso; o que estão fazendo é um crime e não podemos ser coniventes”, declarou Cláudia Sperb, servidora aposentada do TRE e representante do segmento no Conselho de Base do Sindicato.

Além do diálogo com a população, os servidores deliberaram que a categoria deve buscar uma articulação com os magistrados, por meio de suas entidades representativas, e com outras organizações que possam se aliar a uma campanha em defesa da vida.

Um encontro nacional de servidores da Justiça Eleitoral foi indicado pela Fenajufe para o dia 25 deste mês e será precedido por um encontro estadual, organizado pelo Sintrajud, a fim de definir a linha de atuação dessa campanha. “Nosso instrumento fundamental de luta, que é a greve, deve ser usado”, defendeu a diretora do Sintrajud Inês Leal de Castro.

Também foi aprovado um manifesto contra a realização das eleições e a volta do trabalho presencial, que será divulgado à opinião pública e levado á administração do TRE, juntamente com o parecer encomendado pelo Sintrajud a especialistas do Grupo Covid-19. O parecer aponta a necessidade de critérios técnicos antes da decisão de flexibilizar o isolamento.

No dia 10, os servidores vão atender à convocação feita pela CSP-Conlutas e outras organizações sindicais e movimentos sociais, que defendem quarentena geral e o lema “Fora Bolsonaro e Mourão!”.

Confira abaixo o edital da assembleia:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO SINTRAJUD

A Diretoria Executiva do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo – SINTRAJUD, no exercício da competência que lhe confere o art. 37 do Estatuto da Entidade, por meio deste edital, CONVOCA todos(as) os(as) servidores(as) da Justiça Eleitoral pertencentes à sua base de representação para participarem de ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA VIRTUAL, A SER REALIZADA NO DIA 06 DE JULHO DE 2020, às 14h00, para deliberarem sobre a pauta abaixo descrita, sendo que as deliberações serão adotadas com aprovação da maioria simples dos presentes, na forma do artigo 40 do Estatuto.
A assembleia realizar-se-á, excepcionalmente e com fundamento no artigo 5º da Lei 14.010/20, na modalidade eletrônica/virtual, considerando a situação de pandemia do coronavírus (COVID-19) e as medidas adotadas pelos órgãos públicos que determinam o isolamento social e proíbem aglomerações.

O acesso ao ambiente virtual em que ocorrerá a assembleia eletrônica será franqueado a toda categoria dos(as) servidores(as) da Justiça Eleitoral na base de representação do Sintrajud, mediante o link:
https://zoom.us/j/98728302878?pwd=M0kxQlFmWUNOZG43a0JsSm9zTEwzQT09

No dia e horário indicado para o início da assembleia, o(a) servidor(a) deverá acessar o link acima, a partir de qualquer computador, tablet ou aparelho celular com acesso à internet, indicar seu nome e local de lotação e, assim, participará dos debates e deliberações.

Pauta:
1. Informes sobre condições de trabalho e eventual retorno ao trabalho presencial na Justiça Eleitoral em meio à pandemia;
2. Deliberação sobre indicativo de mobilização/paralisação/greve, inclusive greve ambiental e/ou sanitária, entre outras atividades para defesa da saúde e vida dos(as) servidores(as).

São Paulo, 3 de julho de 2020.
DIRETORIA EXECUTIVA DO SINTRAJUD




Assembleia nesta 6ª avalia emenda que adiou eleição e organiza campanha pela vida

A segunda assembleia setorial online dos servidores da Justiça Eleitoral, para organizar a mobilização em defesa da preservação da vida de servidores e da população que será convocada às eleições municipais deste ano, acontece às 13 horas desta sexta-feira (3 de julho). Após a aprovação da Emenda Constitucional que adia o primeiro e o segundo turnos para 15 e 29 de novembro, respectivamente, a assembleia vai avaliar também o próprio texto de alteração constitucional. A atividade vai ser realizada por meio do Zoom – aplicativo para realização de reuniões virtuais.

A data e horário dessa assembleia foi definida na atividade realizada no último dia 26.

Acesse aqui o link para participar da segunda assembleia setorial.

A campanha aprovada na última assembleia questiona a manutenção das atividades de preparação das eleições municipais neste período – que exigem uma série de atividades presenciais, expondo servidores e terceirizados no dia a dia nos cartórios e no deslocamento por transporte público. Carga e conferência das urnas, testes elétricos, troca de urnas antigas ou danificadas, testes de sistema e eletricidade e uma série de outras atividades não têm como ser realizadas a distância, e as vidas dos trabalhadores e eleitores não podem ser secundarizadas.

Parecer solicitado pelo Sindicato a especialistas do Grupo Covid-19 aponta a necessidade de estabelecer um quadro de critérios técnicos antes da decisão de flexibilizar o isolamento, especialmente tendo em vista que os índices de contágio no estado ainda estão em alta. O documento será apresentado na assembleia e encaminhado ao Tribunal. O parecer não foi cobrado pelos especialistas, que são docentes e pesquisadores da UnB, Unesp, UFAM, UFMG, UFRGS, UFSCar, UFRJ, UFSC, USP, entre outras.

O Sindicato também se manifestou na consulta pública aberta até o último dia 30 pelo TSE.

Identificação dos participantes

Tendo em vista a necessidade de assegurar que todos os participantes da assembleia sejam servidores, preste atenção aos procedimentos necessários para participar.

É preciso baixar o aplicativo para smartphones e tablets ou a versão que permite o uso no computador de mesa e notebooks. A seguir, clique no link disponibilizado aqui. O programa abrirá uma tela para que você se identifique. Informe seu nome completo e o prédio onde trabalha ou se é aposentada/o (por exemplo: “José da Silva SEDE” ou “Maria da Silva APOSENTADA”). Daí você será autorizada ou autorizado pelo administrador da sala a ingressar na assembleia e terá sua participação garantida.

É importante fazer o procedimento de instalação do programa com antecedência.

Em caso de dúvida ou problema no momento da assembleia, entre em contato pelo WhatsApp (11) 99128-5217. Basta clicar aqui.

SERVIÇO:

Assembleia setorial da Justiça Eleitoral
Quando: 03 de julho (sexta-feira)
Horário: 13h
Onde: Plataforma Zoom

Pauta: Emenda Constitucional 107 e campanha em defesa da vida

Baixe o aplicativo Zoom para celular iPhone ou Android ou para computadores




Assista aqui ao bate-papo sobre o trabalho no TRE em tempos de pandemia