Sindicatos se mobilizam nos estados contra reforma da Previdência

  • Post author:
Durante a visita de Temer ao RS, trabalhadores bloquearam a BR 116 na segunda (9). Foto: Sintrajufe.

Apesar de o reinício dos trabalhos na Câmara dos Deputados e no Senado acontecer somente em fevereiro, trabalhadores já se mobilizam em vários estados contra os ataques e a iminente retirada de direitos proposta pelo governo de Michel Temer. Agora o foco é a reforma da Previdência Social, objeto da PEC 287/2016.

Na quarta-feira (18) o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos – Fonasefe – vai se reunir na sede da Fenajufe para iniciar a discussão do calendário de mobilização para 2017 e definir a data de uma reunião ampliada dos servidores públicos em Brasília.

A Fenajufe reforça a importância da retomada do processo de mobilização e da atuação unificada dos trabalhadores para barrar a reforma da previdência e os demais ataques em curso.

Dia do Aposentado

Em São Paulo, o Sintrajud participará de uma manifestação contra a reforma da Previdência no próximo dia 20. O protesto marcará a mobilização deste ano do Dia Nacional do Aposentado, comemorado no dia 24, e contará também com a participação de entidades que representam os aposentados e pensionistas, além de núcleos de aposentados de outros sindicatos de servidores.

No Maranhão, o Sintrajufe-MA participa no dia 18 da reunião do Fórum Maranhense de Defesa da Previdência, que reúne diversas entidades. Em Pernambuco, o Sintrajuf-PE prepara um ciclo de palestras sobre a reforma.

Também houve mobilização no Rio Grande do Sul, onde na última segunda-feira (9) o Sintrajufe levou servidores ao ato de protesto que marcou a primeira visita de Michel Temer ao Estado. Trabalhadores de diversas categorias bloquearam a BR 116 por cerca de uma hora para mostrar a insatisfação com as medidas propostas por Temer e pelo governador José Ivo Sartori (PMDB).

Na Bahia, o Sindjufe dá sequência a uma intensa agenda de visitas a locais de trabalho do Judiciário Federal. Nesta quarta-feira (11), o Sindicato promoveu um “arrastão” no comércio de Salvador, convidando a população para um debate sobre a reforma da Previdência.

Mobilizações iniciadas ainda em 2016 mostraram a insatisfação dos trabalhadores com as medidas anunciadas pelo governo Temer. Em novembro, milhares de trabalhadores e estudantes protestaram, em Brasília, contra a PEC 55 e a reforma da Previdência, e em dezembro foram realizados atos em vários estados.

Em Minas Gerais o Sitraemg organizou com diversas entidades uma aula sobre a PEC do desmonte da Previdência. Foi na Praça Sete, em Belo Horizonte, pouco antes do recesso de fim de ano do Poder Judiciário. Participaram representantes da OAB estadual e de várias subseções, dirigentes de sindicatos, centrais sindicais, associações e dos movimentos sociais, além de trabalhadores de várias categorias do serviço público e da iniciativa privada.

image_print