Nova Diretoria reafirma compromisso de lutar contra retirada de direitos

Foto: Joca Duarte

A nova diretoria executiva do Sintrajud, que conduzirá a entidade no triênio 2017-2020, tomou posse durante a assembleia geral que aconteceu neste sábado, 24, na sede do Sindicato.

Durante a solenidade, Raquel Morel, servidora do TRE e membro da última gestão da diretoria do Sintrajud, destacou a importância da luta dos servidores do Judiciário Federal durante a gestão anterior. Raquel lembrou que essa luta levou à conquista da reposição salarial e ressaltou o papel da direção do Sindicato durante o último triênio, na defesa incontestável dos direitos dos trabalhadores e na oposição aos governos e à política de ajuste fiscal.

“O desafio da nova gestão é manter a luta em defesa dos trabalhadores; tenho certeza que o Sintrajud seguirá sem apoiar nenhum governo que retira direitos e será impulsionador da luta pela base contra os ataques do governo federal”, declarou Raquel.

Falando em nome da nova diretoria, Fabiano dos Santos, servidor da TI do TRT, agradeceu a confiança depositada na Chapa 1 – Gente de Luta. “Temos um compromisso com toda a categoria, com os colegas que votaram na chapa 1 e na chapa 2, e chamamos toda a categoria à unidade para construir uma forte mobilização e lutar em defesa dos nossos direitos”, afirmou. “Estaremos atentos para construir a gestão da melhor maneira possível, que é o que a categoria merece.”

A solenidade de posse abriu a assembleia geral que aprovou a participação dos servidores na Greve Geral do dia 30 de junho. Além de protestar contra as reformas da Previdência e trabalhista, os trabalhadores vão parar o pais para exigir o fim do governo Temer e o afastamento de todos os corruptos do Congresso.