Fórum convoca categorias a participar da assembleia dos municipais nesta sexta

Assembleia dos trabalhadores municipais em 19/02 (Facebook: Toninho Vespoli).

Hoje à tarde os servidores públicos municipais de várias categorias na cidade de São Paulo realizam nova assembleia-ato às 15 horas, em frente à sede da Prefeitura, no Viaduto do Chá. Os trabalhadores cobram a revogação da Lei do Sampaprev (a ‘reforma’ da Previdência municipal que aumentou a alíquota cobrada das categorias de 11% para 14%), aprovada no dia 26 de dezembro do ano passado.

O Encontro de Trabalhadores do Setor Público realizado no último dia 16 de fevereiro pelo Fórum dos Trabalhadores do Setor Público no Estado de São Paulo aprovou uma nota de apoio e solidariedade à greve, que hoje completa 18 dias sem negociação (leia aqui).

As entidades do Fórum convidam todos os trabalhadores públicos e privados que puderem a participar e fortalecer a luta para que o prefeito negocie com os servidores e revogue a lei do confisco das aposentadorias do funcionalismo municipal. O aumento da alíquota previdenciária descontada de servidores da ativa e aposentados é uma das bases da ‘reforma’ da Previdência apresentada pelo governo Bolsonaro à Câmara dos Deputados nesta semana.

“Derrotar o Sampaprev é um passo importante para derrotar a “nova previdência” do Bolsonaro, que significa mais confisco, fim do direito à aposentadoria e desmonte da seguridade. Os governantes querem nos obrigar a trabalhar até morrer. Se não estivermos todos os trabalhadores juntos seremos todos derrotados”, lembra o diretor e Sintrajud e servidor no TRT-2 Henrique Sales Costa.

Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas