Aumento do plano de saúde do TRF-3 e da JF

O Sintrajud entrará com ação judicial contra o aumento abusivo do plano de saúde dos servidores do TRF-3 e da JF de parte do estado, conforme decisão aprovada em assembléia de 30 de agosto. A medida é uma das iniciativas do Sindicato para contestar o aumento de até 47% nas mensalidades do plano operado pela Amil (depois de um reajuste de 19% em março), que foi informado através de comunicado da presidência.

Considerando as possibilidades de desdobramentos da demanda, será proposta uma ação por representação processual (somente para quem expressamente autorizar) dos servidores que aderiram ao plano de saúde/assistência médica Amil e sofreram mais um reajuste do percentual de 47% que começou a vigorar em agosto de 2017, questionando a ausência de motivação, abusividade e ilegalidade da medida imposta, com pedido de tutela de urgência para suspender os efeitos do comunicado que resultou no reajuste imposto desde já.

Para participar da ação, o servidor deve ser sindicalizado. Quem não é filiado, ainda pode se sindicalizar, autorizar e ser representado na ação, devendo preencher e encaminhar a ficha de sindicalização (acesse aqui). O associado deverá preencher e assinar autorização e termo de ciência da medida judicial que estão disponíveis no site do Sintrajud. Além destes documentos (autorização e termo de ciência), também deverão ser encaminhados ao departamento jurídico do Sindicato as cópias do RG, CPF e contracheques dos meses de julho e agosto. Todos os documentos devem ser digitalizados e enviados para o e-mail: planodesaudeamil@sintrajud.org.braté o dia 22 de setembro de 2017.

Quem desejar, poderá realizar todos os procedimentos no Departamento Jurídico do Sindicato, devendo comparecer munido dos documentos solicitados.

Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas