Abaixo-assinado contra “Nova previdência” tem boa aceitação popular, avaliam dirigentes

Diretoria do Sintrajud tem coletado assinaturas nos fóruns e em pontos-chave no Estado e convida a categoria a participar das atividades, que proporcionam a oportunidade de dialogar com a população sobre as mentiras que vêm sendo difundidas contra os servidores públicos e mostrar como a “Nova previdência” é danosa para todos os trabalhadores; rejeição à ‘reforma’ cresce.

Terminal Bandeira

Desde o dia 4 de abril centenas de sindicatos e as nove centrais sindicais do país iniciaram a coleta de assinaturas ao abaixo-assinado contra a ‘reforma’ da PrevidênciaAs experiências com as mesinhas nos locais de trabalho e pontos estratégicos das cidades têm obtido muita adesão dos cidadãos em geral

O Sintrajud vem participando da iniciativa e coletando manifestações de apoio popular à luta contra as mudanças que podem extinguir o sistema de aposentadorias e pensões instituído na Constituição de 1988. A avaliação dos dirigentes sindicais é que vem sendo uma experiência de diálogo importante na construção da greve geral.

Fórum Ruy Barbosa

“Quase ninguém se recusando a assinar. É uma boa oportunidade para dialogar com os trabalhadores, servidores e no geral também. No primeiro dia no Fórum Trabalhista Ruy Barbosa recolhemos 400 assinaturas em duas horas e meia. É um bom meio de envolver a população no debate”, relata o servidor do TRT-2 e diretor do Sintrajud Henrique Sales Costa.

“A banca no TRF-3 foi ótima também. O povo está contra a reforma, é hora de fortalecer a greve geral”, avalia Ana Luiza de Figueiredo Gomes, aposentada daquele Tribunal e também dirigente do Sindicato.

TRF-3

“Por meio da banquinha estamos fazendo o debate com a população, levando as pessoas ao engajamento e a se posicionarem contra a ‘reforma’. Esperamos que o abaixo-assinado seja um sucesso e que as centrais consigam coletar milhões de assinaturas como um início de mobilização dos trabalhadores brasileiros que culmine na greve geral contra a ‘reforma’, no dia 14 de junho”, conclui Gilberto Terra, servidor da JF no Fórum Previdenciário.

Anhangabaú

“Embora a gente entenda esta como uma medida insuficiente para barrar a ‘reforma’, ela tem em sua importância, que é a oportunidade de diálogo com a população, porque você não está apenas coletando a assinatura, mas discutindo com as pessoas. Aqui em São Paulo temos levado esse abaixo-assinado para locais de grande circulação, como estações de metrô e os fóruns de grande circulação, junto com o Fórum dos Trabalhadores do Setor Público, e temos percebido muito interesse. Esse é um momento importante de colocar para as pessoas a necessidade da greve geral”, comenta Fabiano dos Santos, servidor do TRT e dirigente do Sintrajud recém eleito para a diretoria da Federação Nacional da categoria, a Fenajufe.

Fórum Pedro Lessa

Até a conclusão deste texto foram entregues à secretaria do Sindicato mais de 5.100 assinaturas. Servidores que tenham baixado a folha do abaixo-assinado na página especial contra a ‘reforma’ aqui no site ou tenham em mãos listas preenchidas podem entrar em contato com o Sintrajud pedindo o recolhimento no local de trabalho (na capital ou na Baixada Santista) ou enviar por correspondência para Rua Antônio de Godói, 88, 16º andar, Centro, São Paulo/SP, CEP 01034-902. Se ainda não recolheu assinaturas junto a sua família e amigos, pode fazê-lo obtendo aqui o formulário.

O Sintrajud também já realizou até o dia de hoje 16 palestras (em locais de trabalho na capital e interior, na subsede e região da Baixada Santista, além do Núcleo de Aposentados), com o advogado Cesar Lignelli explicando os efeitos danosos das mudanças propostas para o sistema de aposentadorias.

A rejeição popular à ‘reforma’ vem se evidenciando. Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha nos dias 2 e 3 de abril revelou que 51% dos brasileiros se manifestaram contrariamente à “Nova previdência”, apesar do bombardeio midiático que todos os dias propagandeia a existência de um “rombo” nas contas, que especialistas de várias vertentes ideológicas não comprometidos com o governo desmentem.

image_print
Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas