TRT: Setorial nesta quinta, às 18h, debate próximos passos da greve sanitária em defesa da vida

Servidores conversam sobre as condições de trabalho remoto e mobilização contra a reabertura dos fóruns e unidades administrativas.

Nesta quinta-feira, 15 de outubro, às 18h, os servidores do TRT-2 realizam nova assembleia setorial para debater os próximos passos da mobilização em defesa da vida e contra a retomada das atividades presenciais enquanto não há controle da pandemia.

Clique aqui para participar da assembleia (a inscrição é importante para garantir que só servidoras e servidores da categoria entrem na atividade – informe seu nome completo, lotação e e-mail)

Os servidores estão em greve sanitária desde o dia 5 de outubro, data na qual foi iniciada a reabertura parcial das unidades do TRT-2, e têm realizado assembleias setoriais regularmente para avaliar as condições de trabalho e ampliar o movimento paredista entre a categoria.

A diretoria do Sintrajud já notificou a administração do TRT-2 sobre  a contrariedade da categoria em retomar atividades presenciais neste momento, considerando os riscos colocados pelas ainda altas taxas de contágio.  O Tribunal também não respondeu ao requerimento do Sindicato que solicitou pareceres técnicos que atestem a segurança sanitária dos prédios para a retomada.

A greve sanitária é um instrumento legal para resguardar a saúde dos trabalhadores, garantindo que ninguém seja exposto ao risco de contágio dos deslocamentos ou comparecimento ao local de trabalho. Neste caso, a servidora ou servidor se mantêm à disposição para realizar as atividades funcionais em caráter remoto, desde que sejam asseguradas as condições pela administração . Clique aqui e formalize sua adesão ao movimento grevista preenchendo a lista.

A setorial também será o momento de debater o plano de lutas contra a ‘reforma’ administrativa e os informes das mobilizações em defesa dos direitos conquistados pelo funcionalismo, incluindo as deliberações da Reunião Ampliada da Fenajufe (a federação da categoria) ocorrida no últimos sábado. A PEC 32 é considerada o maior ataque aos serviços públicos dos últimos anos e, na avaliação da diretoria do Sintrajud, impedir sua aprovação exige muita mobilização e unidade.

A direção do Sindicato reforça o convite a todos os colegas da Segunda Região para que participem da assembleia setorial e fortaleçam a mobilização.

Você pode baixar o Zoom clicando abaixo:
– para celular iPhone
– para celular Android
– para computadores

Caso encontre qualquer dificuldade, pode entrar em contato com o Sindicato pelo WhatsApp (11) 99128-5217, clicando aqui.