TRF-3: Comitê Orçamentário afirma que há recursos para auxílio-saúde dos servidores


13/12/2022 - Niara Aureliano - especial para o Sintrajud
Direção do Sintrajud participou da reunião sobre Orçamento de 2023 e levou as demandas e preocupações da categoria sobre o plano de saúde do Tribunal.

Representantes do Comitê Orçamentário do TRF-3 apresentaram a proposta de orçamento para 2023 em reunião com representantes do Sintrajud, na última quarta-feira, 7 de dezembro. A proposta foi apresentada pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Finanças (SOFI) do Tribunal.

Durante a reunião, o diretor do Sindicato Henrique Sales Costa destacou questões referentes ao auxílio-saúde e ao plano de saúde, atualmente operado pela Unimed Seguros, e recebeu a garantia do comitê de que há verba suficiente para dar conta da gestão do plano de saúde da categoria no próximo período.

Os representantes do Comitê destacaram que a Administração do Tribunal solicitou verbas suplementares ao CJF para garantir a majoração do auxílio-saúde, que passará de R$ 618 para R$ 765 per/capita. O comitê também assegurou que estes recursos deverão abarcar possíveis reajustes de valores no plano, tendo em vista que em fevereiro entra em pauta a semestralidade da Unimed e um possível reajuste.

Na reunião, diante do possível reajuste no plano de saúde no ano que vem, o diretor do Sindicato destacou a necessidade de garantir uma boa negociação, que não onere a categoria com altos reajustes. A Administração do Tribunal afirmou que buscará atuar pela melhor proposta de negociação em benefício dos servidores.

A defesa da reserva de verbas para saúde é historicamente defendida pelo Sindicato, desta forma, a diretoria do Sindicato seguirá acompanhando a aplicação dos recursos e a negociação sobre o plano de saúde da categoria.

Unimed Seguros

A insatisfação dos servidores do TRF-3 com a operadora de plano de saúde Unimed Seguros foi destacada pela direção do Sintrajud na reunião do Comitê Orçamentário do TRF-3.

Após apresentação de proposta orçamentária do TRF-3 para 2023, o Sindicato elencou questionamentos da categoria em relação ao plano de saúde, entre eles a preocupação com a negociação dos valores do plano de saúde no próximo período.

Em julho de 2021, a Unimed Seguros foi a única a apresentar proposta na licitação que o TRF-3 realizou, vencendo a licitação, apesar de ter apresentado um preço contratual 20% superior ao do plano vigente à época, da Amil.

A partir de então, servidores passaram a se queixar da dificuldade de conseguir atendimento em determinadas especialidades médicas. Alguns servidores reclamavam também dos procedimentos exigidos para obter autorização de exames. Em março deste ano, o Sintrajud abriu um canal de reclamações à disposição dos servidores, que foram encaminhadas à administração do Tribunal, com pedido de providências.

Na reunião, o diretor do Sindicato Henrique Sales Costa também mencionou a proposta de modelo de autogestão para os planos de saúde da categoria, pauta que pode ser debatida e sinalizar avanços na discussão.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM