TRE: Sintrajud convoca servidores à campanha pela suspensão do expediente no pós-2º turno

Secretaria de Gestão de Pessoas se manifesta contra pedido do Sindicato, que aponta a jornada extenuante e os problemas causados pela pandemia.

Os servidores do TRE receberam com indignação a notícia de que a Secretaria de Gestão de Pessoas se manifestou contra a suspensão do expediente na próxima segunda-feira, 30 de novembro, dia seguinte ao segundo turno das eleições municipais.

Antes da eleição, o Sintrajud havia apresentado requerimento de suspensão do expediente nos dias seguintes ao primeiro e ao segundo turno, na sede do TRE e nos cartórios eleitorais. Entre outras demandas, o pedido foi reforçado na semana passada, durante reunião com representantes da administração do Tribunal, incluindo o diretor-geral, Claucio Corrêa.

No primeiro turno, o expediente foi suspenso em 16 de novembro depois da mobilização dos servidores, da insistência do Sindicato e de um atraso na totalização dos votos que estendeu o trabalho até as primeiras horas da madrugada.

Votação na (PUC-SP) para o primeiro turno das eleições municipais. (Foto: Ravena Rosa/Ag. Brasil)

O Sintrajud destaca a necessidade de compensar os servidores pela ausência dos períodos normais de descanso e pela jornada extenuante, não apenas no dia do pleito como em toda a preparação das eleições.

O Sindicato lembra o caráter excepcional das eleições deste ano, realizadas em meio à pandemia, e aponta que o expediente foi suspenso em outros regionais, como nos de Sergipe, Amazonas e Bahia.

Para reforçar o pedido, o Sindicato convoca os servidores e servidoras do TRE a enviar e-mail para o presidente e para o diretor-geral do Tribunal. Segue abaixo uma sugestão de texto para a mensagem. É só preencher com seu nome e e-mail e enviar, ou escrever seu próprio texto e enviar a partir do seu e-mail para o presidente e para o diretor-geral.

Clique aqui para enviar a mensagem.

Veja o vídeo gravado pela diretora do Sintrajud, Cláudia Sperb, servidora aposentada do TRE: