Sindicatos divulgam carta aberta contra golpe na direção da Fenajufe e chamando para greve geral

CARTA ABERTA DOS SINDICATOS DOS TRABALHADORES DO PJU E MPU

Contra o golpe do campo majoritário da Fenajufe, em defesa da democracia e da unidade para construir a greve geral

Os sindicatos de trabalhadores do Judiciário Federal e MPU signatários da presente carta aberta, entidades filiadas à FENAJUFE, vem a público manifestar sua surpresa e repúdio à decisão antidemocrática e irregular tomada na reunião ampliada realizada no dia 8 de abril, a partir de iniciativa dos coletivos “Democracia e Luta” (CUT e CTB), “Liberta Fenajufe” e “Fenajufe Sem Correntes”, na qual o dirigente Gerardo Alves de Lima Filho foi suspenso da diretoria executiva da entidade sem contraditório e sem que o tema sequer constasse da pauta da reunião ampliada (que, nos termos do estatuto, sequer é a instância competente para apreciar essa matéria), notadamente por diferença de opinião com os campos políticos acima mencionados, que conformam a maioria atualmente na direção da FENAJUFE.

As disputas fratricidas existentes na categoria e a forma com que encaminhadas determinadas pautas de segmentos pela atual direção majoritária da FENAJUFE têm sido o combustível que, mais recentemente, alimenta as iniciativas de criação de sindicatos por segmentos. Nos manifestamos, desde já, contrários à fragmentação, defendendo a unidade sindical e, fundamentalmente, a mais ampla unidade política na categoria para enfrentar os ataques a direitos perpetrados pelo governo Temer. No mesmo sentido, consideramos que o ataque e perseguição a qualquer dirigente ou coletivo político, sobretudo em um momento em que se exige a máxima unidade, em nada ajuda na luta contra a fragmentação mas, ao contrário, a incentiva.

Com a aprovação da terceirização irrestrita e a ameaça de iminente aprovação das reformas da Previdência e trabalhista pelo governo do corrupto Michel Temer, a prioridade de nossa Federação deve ser destinar todos os seus esforços na construção da greve geral convocada para o dia 28 de abril. Aliás, não por acaso, essa era a única pauta constante da convocatória da reunião ampliada realizada em 8 de abril. Nesse contexto, é inaceitável a surpreendente inclusão em pauta e aprovação extemporânea do afastamento de um dirigente da Federação, sem qualquer respaldo no estatuto da entidade e sem possibilidade de defesa prévia ou debate na base da categoria. Manifestamos nossa preocupação com os rumos da Fenajufe, dividida e engessada pelas reiteradas disputas burocráticas, justamente no momento em que a classe trabalhadora mais necessita de entidades fortes, coesas e mobilizadas.

Assim, apelamos para que a referida manobra seja imediatamente revertida e anulada e para que os diferentes coletivos políticos existentes na direção da Fenajufe possam, em unidade, priorizar aquela que é a razão de ser de nossa entidade nacional: a defesa dos interesses dos trabalhadores do Poder Judiciário da União e MPU. É fundamental que nossa categoria, ao lado do conjunto da classe trabalhadora e demais movimentos sociais, esteja paralisada e tomando as ruas na greve geral no dia 28 de abril. É dessa forma que poderemos impedir que nossos direitos continuem a ser arrancados para garantir os lucros do andar de cima. Os sindicatos que assinam a presente nota, desde já, convocam a categoria a se mobilizar e participar ativamente da luta contra a retirada de direitos. Esperamos que, por parte da FENAJUFE, não seja diferente. Nenhum direito a menos! Contra as reformas da Previdência e trabalhista, em defesa da Justiça do Trabalho: agora é greve geral!

Assinam:

SINTRAJUFE/RS – Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Rio Grande do Sul

SINTRAJUD/SP – Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo

SITRAEMG – Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais.

SINDJUFE/BA – Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal na Bahia

SINDIJUFE/MT – Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso

SINDJUFE/MS – Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União em Mato Grosso do Sul

SINTRAJUFE/MA – Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal e MPU no Maranhão

SINDJUS/AL – Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e do MPU em Alagoas