De volta a Brasília, deputados já enfrentam pressão contra reforma

  • Post author:

Com o reinício dos trabalhos no Congresso Nacional a partir desta quarta-feira (1º), aumentou a movimentação em Brasília contra a PEC 287/16, a proposta de reforma da Previdência Social. As manhãs da terça-feira (31) e da quarta foram marcadas pela recepção dos servidores aos deputados que retornavam à capital, no aeroporto Juscelino Kubitscheck. O trabalho teve início também nos estados, onde os sindicatos fizeram o “bota fora” dos parlamentares, sempre com a recomendação de rejeitar a PEC 287 – afinal, 2018 é ano eleitoral.

Com faixas e cartazes, servidores do Judiciário Federal e do MPU, apoiados por coordenadores da Fenajufe e do Sindjus/DF e funcionários das duas entidades manifestaram indignação pela proposta de reforma encaminhada pelo governo à Câmara dos Deputados. Apesar de poucos deputados terem retornado à capital na terça-feira, a movimentação das entidades foi bem recebida por quem passou pelo JK. O jornal Correio Braziliense publicou reportagem sobre a manifestação.

A pressão sobre os deputados continuou até esta quinta-feira (2), a partir das 7h30 no aeroporto, e segue na Câmara dos Deputados, onde dirigentes sindicais estarão visitando os parlamentares. Além das faixas e cartazes, continua a distribuição do panfleto elaborado pelo Sindjus/DF, com os “Dez motivos para lutar contra a reforma da Previdência”.

Também nesta quinta-feira, em São Paulo, a auditora fiscal Maria Lúcia Fatorelli, coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida Pública, e o advogado César Lignelli, do Departamento Jurídico do Sintrajud, esclarecem os servidores sobre o Desmonte da Previdência em palestra no Fórum de Execuções Fiscais da Justiça Federal, a partir das 15h, com transmissão ao vivo pela página do Sintrajud no Facebook.

Calendário
O calendário de atividades em Brasília para os próximos dias ficou assim distribuído:

8/2 – 9h – Reunião das entidades do Fonasefe: fechamento da campanha publicitária – sede da Fenajufe.
9/2 – Reunião Ampliada dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe).
10/2 – Protocolo da pauta de reivindicações no Ministério do Planejamento (Fonasefe).
18/2 – 10h – Seminário Nacional da Fenajufe sobre os perigos da Reforma da Previdência – Carlton Hotel.
19/2 – 10 h – Reunião Ampliada da Fenajufe – Carlton Hotel.
22/2 – Ação em Brasília para pressionar os parlamentares contra a reforma da Previdência.
8/3 – Ato no Dia Internacional da Mulher – Indicativo de paralisação nacional contra a reforma da previdência (a data indicada busca uma referência ao Dia Internacional da Mulher, que serão as mais prejudicadas com a reforma).
Mais fotos da movimentação na recepção aos deputados no aeroporto de Brasília podem ser vistas na página da Fenajufe no Facebook. Para acessar, clique aqui.