Baixada tem novo ato hoje contra a reforma após escracho a Beto Mansur

No sábado passado, servidores e trabalhadores de categorias do setor privado realizaram um ato de escracho em frente à casa do vice-líder do governo na Câmara, deputado Beto Mansur. O deputado tem sendo linha de frente na operação para garantir os votos necessários ao governo para aprovar a reforma da Previdência, além de ter votado favoravelmente à reforma trabalhista e a cortes nos orçamentos sociais e do Judiciário. Com faixas, artistas sobre pernas de pau, palavras de ordem e uma marchinha em “homenagem” ao parlamentar, a manifestação repercutiu na mídia santista.

Hoje às 18 horas as categorias voltam às ruas num protesto que terá início na Praça Independência. Parte das ações do Dia Nacional de Lutas contra a Reforma da Previdência na Baixada Santista, a manifestação vai denunciar o uso dos meios de comunicação para difusão de mentiras sobre um suposto déficit nas contas da Previdência. Também serão expostos banners e faixas com fotos dos deputados da região que ameaçam votar contra os trabalhadores de todo o país.

As iniciativas são construídas pela Frente Sindical Classista da Baixada e pelo Fórum em Defesa da Previdência na região. O Sintrajud participa dos dois coletivos, na perspectiva de fortalecer a luta dos trabalhadores.

Veja abaixo as matérias publicadas na mídia comercial sobre o ato ocorrido no sábado e assista aos vídeo da marchinha “Fora, Beto!” e do escracho.

Grupo protesta contra a Reforma da Previdência em frente ao prédio de Beto Mansur, em Santos (G1/Santos)

Grupo protesta contra a Reforma da Previdência em frente ao prédio de Beto Mansur (Jornal Tribuna 2ª ed./TV Tribuna)

Grupo faz protesto em frente ao prédio de Beto Mansur, em Santos (Jornal A Tribuna)

 

Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas