Ato inicia Encontro celebrando unidade para deter ‘reforma que destrói serviços públicos’


30/07/2021 - Helcio Duarte Filho
Evento virtual de abertura destacou importância de unir servidores das 3 esferas e construir uma greve geral do setor em 18 de agosto 

O Encontro Nacional do Serviço Público começou com um ato virtual que celebrou a unidade e destacou a necessidade de fazer de agosto um mês de fortes mobilizações para deter a ‘reforma que destrói os serviços públicos’. O Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo (Sintrajud) e a federação nacional (Fenajufe) participam do evento.

Clicar para assistir ao ato no Facebook
Clicar para assistir ao ato no Youtube

Organizado por onze centrais sindicais e por outras organizações nacionais da luta contra a PEC-32, o encontro prosseguirá na manhã desta sexta-feira, dia 30 de julho de 2021, também virtualmente, em decorrência das medidas de segurança sanitária adotadas na pandemia da covid-19. Mais de cinco mil pessoas de todas as regiões do país se inscreveram para a videoconferência. O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) integra a organização da atividade, assim como o movimento “Basta” e a Frente Mista Parlamentar em Defesa dos Serviços Públicos.

Elaborar um plano de mobilização que envolva os 12 milhões de servidores municipais, estaduais e federais do país é o principal desafio do encontro. Ao longo desta sexta, a partir das 9 horas, os participantes vão debater como fazer isso e tecer as bases de um movimento que seja capaz de travar a proposta de emenda constitucional enviada pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional.

Duas datas já foram levantadas durante o evento de abertura, na noite da quinta-feira (29): o dia 3 de agosto, quando um ato em Brasília deverá incidir sobre os parlamentares no retorno dos trabalhos legislativos após o recesso; e dia 18 do mesmo mês, para quando se articula a construção de uma greve geral de todo funcionalismo público. Já há acordo quanto às duas datas de mobilização.

Live-ato

A live que iniciou o encontro durou 1h25min e foi transmitida por dezenas de páginas das entidades no Facebook – entre elas a do Sintrajud. Também pode ser assistida no canal do Youtube do movimento ‘Contra a PEC 32’. A plenária que começou na manhã desta sexta não será transmitida pelas redes sociais. A participação é restrita aos que se inscreveram para o encontro.

Dirigentes das centrais sindicais, das organizações nacionais que atuam na campanha e parlamentares se revezaram em breves mensagens, a maioria gravadas, saudando a unidade, criticando a reforma de Bolsonaro e Paulo Guedes (Economia) e defendendo a mobilização para impedir que ela seja aprovada no Congresso Nacional.

Convocam o encontro as seguintes centrais sindicais: CUT, CTB, CSP-Conlutas, Força Sindical, UGT, NCST, CSB, Intersindical, Pública, CGTB e Intersindical IL. “São mais de cinco mil pessoas inscritas para o nosso encontro. Com certeza absoluta vamos construir uma unidade forte para combater o governo genocida, o governo que quer destruir o serviço público, o governo da rachadinha”, disse o servidor David Lobão, dirigente da CSP-Conlutas que participou da apresentação do ato representando o Fonasefe. “[Vamos derrotar esse projeto] deste governo genocida, racista, machista e homofóbico”, disse Jucélia Vargas, que também participou da apresentação do evento, representando a CUT.

A PEC-32 se encontra na Comissão Especial da Câmara. A pretensão do governo era, até antes do recesso, aprovar um parecer favorável até meados de agosto. Na quarta-feira (28), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse que a PEC-32 segue como prioridade e que espera levá-la ao Plenário para votação até novembro – sabe-se, porém, que o objetivo do governo é votar a proposta assim que avaliar ter votos para isso. É o que as servidoras e servidores que participam deste encontro nacional querem impedir – e buscam trazer o conjunto da categoria e a população para esta luta.

 

Reprodução da tela da plenária no segundo dia do encontro

 

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas