Assembleias setoriais hoje na JT e JF discutem dificuldades de transporte e a greve dos caminhoneiros

Diante das dificuldades no sistema de transportes e das decisões do TRT-2 e do TRF-3 de manter o expediente nesta segunda-feira (28), o Sindicato convida todos os trabalhadores que conseguiram chegar aos locais de trabalho para assembleias emergenciais hoje. A direção do Sintrajud está pressionando as administrações para que garantam a segurança dos trabalhadores em […]

Diante das dificuldades no sistema de transportes e das decisões do TRT-2 e do TRF-3 de manter o expediente nesta segunda-feira (28), o Sindicato convida todos os trabalhadores que conseguiram chegar aos locais de trabalho para assembleias emergenciais hoje.

A direção do Sintrajud está pressionando as administrações para que garantam a segurança dos trabalhadores em todo o Estado e suspendam o expediente enquanto durarem os decretos municipais de ‘situação de emergência’. Hoje, a JT/Cajamar suspendeu o expediente por falta de condições dos servidores se deslocarem – a cidade também decretou ponto facultativo, assim como em Cubatão.

Novos requerimentos reforçando esta necessidade foram protocolados nesta segunda nos tribunais após o Sindicato ter contatado todas as administrações neste domingo (27), em reforço aos pedidos feitos na última sexta-feira, que resultaram no encerramento do expediente mais cedo.

No entanto, é preciso discutir as condições reais e dificuldades para o deslocamento ao trabalho e demonstrar a indignação da categoria com a obrigatoriedade de comparecimento aos setores com redução no efetivo de ônibus circulando, sem condições de abastecer os carros e sem segurança da oferta de transporte no retorno para casa. Por isso, todos estão chamados a participar das assembleias.

A reunião do Núcleo de Oficiais de Justiça marcada para o dia de hoje foi adiada para 4 de junho (segunda-feira).

A diretoria do Sintrajud reitera seu apoio à greve caminhoneira e considera importante debater a greve e seus desdobramentos frente à realidade do país.

15h – átrio do Fórum Trabalhista Ruy Barbosa.

16h – escadaria do Fórum Pedro Lessa.

ERRATA: O Tribunal havia informado ontem que haveria suspensão do expediente em Barueri. Mas hoje às 13h15 publicou nota informando que baseou-se em informações falsas e que “em razão disso, estão mantidos o expediente e as audiências designadas para o dia 28 de maio em Barueri”.

*Atualizado às 15h12.

image_print
Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas