Mais um colega da categoria morre vítima da covid-19 em SP: Marcos Moreira, presente!

Servidor foi chefe do cartório eleitoral do bairro Penha de França, na Zona Leste da capital, e estava em coma desde abril; direção do Sindicato reforça manifestação de pesar aos colegas e à família.
Marcos e a esposa, Eliana (arquivo pessoal).

O Sintrajud recebeu no último sábado a notícia do falecimento de mais um colega servidor do Poder Judiciário em São Paulo vitimado pelo novo coronavírus. Marcos Costa Moreira, 69 anos, faleceu na madrugada de sexta-feira (11 de setembro) e deixa viúva Eliana Costa Moreira e um filho.

“Corintiano, brincava que era coirmão do meu tricolor porque seu time tinha vermelho na âncora do distintivo. Gostava de dançar, sempre nos encontrávamos nos bailes de fim de ano do TRE”, relata o amigo Carlos Messias de Oliveira, também aposentado do mesmo Regional.

O servidor vinha realizando um tratamento neurológico e entrou em coma profundo em abril, após parada cardíaca de longa duração ocorrida durante procedimento diagnóstico.

Os familiares convidam para a missa que acontece na próxima segunda-feira (21 de setembro), às 15h, na Paróquia Santo Estevam Mártir, que fica na Rua Guilherme Rudge, 246, no bairro da Penha de França. Também será realizada uma celebração online em memória de Marcos, nesta quinta-feira.

Missa online de sétimo nesta quinta-feira (17 de setembro), às 19h.

Paróquia Nossa Senhora do Bom Parto.
Acessar pelo Facebook ou pelo YouTube da paróquia.

A diretoria do Sintrajud manifesta mais uma vez aos familiares e aos colegas e amigos de Marcos as condolências por seu falecimento, especialmente neste momento em que a pandemia inviabiliza os ritos de despedida.

Marcos é o quinto servidor do PJU em São Paulo vítima do novo coronavírus do qual o Sindicato recebeu notificação. Além dele, a categoria perdeu, em decorrência do contágio pela covid-19, os colegas oficiais de justiça do TRT Clarice Fuchita Kestring e José Palitot Júnior; a aposentada Nádia Graça Molina, também do Regional Trabalhista (a família preferiu que não fosse feita uma matéria com maior destaque, autorizando a menção ao falecimento e sua causa); e o servidor da Justiça Federal Roberto José Alberto ‘Balalaica’.

* Atualizado em 16/09/2020 às 16h39