Vigília reúne milhares na Cinelândia e pede justiça para Marielle e Anderson

Milhares de pessoas se encontram na praça da Cinelândia (foto), no centro do Rio, em frente à Câmara de Vereadores, em vigília de “luto e de luta”, na qual prestam homenagem para a vereadora e militante dos movimentos sociais Marielle Franco e para o motorista Anderson Pedro Gomes. O clima é de comoção, tristeza e revolta. Manifestações estão previstas para acontecer em dezenas de cidades do país.

Em São Paulo, haverá um ato às 17h no vão livre do Masp. Em Santos, a manifestação está marcada para as 18h, na Estação da Cidadania.

 

Os corpos serão velados nas dependências da Câmara. Marielle e Anderson foram assassinados na noite da quarta-feira (14), na rua Joaquim Palhares, próximo ao Estácio, no início da Zona Norte do Rio, num crime com características de execução.

Marielle tinha sua militância voltada para as lutas por direitos sociais e contra o racismo, o machismo, a LGBTfobia e toda forma de opressão e exploração. Por diversas vezes, denunciou os abusos e violências cometidos por forças policiais em favelas contra os moradores. Há duas semanas, criticou a operação da Polícia Militar na favela de Acari.

Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas