TRT-2: Sintrajud cobra reunião com a Administração durante inauguração do Cejusc em Cubatão

Representantes do Sintrajud estiveram na inauguração do Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc-JT) da Baixada Santista, no Fórum Trabalhista de Cubatão-SP, nesta terça-feira, 1º.

Durante a atividade, Lynira Sardinha, oficiala de justiça e diretora do Sintrajud, e Ivo Oliveira Farias, oficial de justiça aposentado, abordaram os membros do Corpo Diretivo do TRT-2 presentes, os desembargadores Wilson Fernandes, presidente do Tribunal, Cândida Alves Leão, vice-presidente administrativa, e Jane Granzoto, corregedora regional, para reivindicar da Administração a realização de reunião e a abertura de um canal de negociação em relação ao Ato GP/CR 05/2017 e à situação dos oficiais de justiça. Na oportunidade, foi entregue a nota pública assinada pelo Sintrajud e pela Aojustra, elaborada conforme deliberação da assembleia que aconteceu na última sexta-feira, 28.

O segmento fez uma semana de greve e permanece em luta contra a medida que pretende tirar oficiais de justiça das centrais de mandados e alocá-los nas varas, e permanece em estado de greve para manter a mobilização.

O presidente disse que por ocasião da sessão plenária do tribunal marcada para a próxima segunda-feira, 7, deve propor aos membros do corpo diretivo do tribunal o agendamento de uma reunião para receber os representantes da categoria.

O Sintrajud solicitou a realização de reunião com o presidente, como tem acontecido mensalmente, para discutir as pautas dos oficiais de justiça e do conjunto dos servidores. No entanto, o desembargador insiste que a reunião seja com o corpo diretivo, e alega este motivo para não ter confirmado ainda uma data. O Sindicato seguirá cobrando do tribunal um espaço efetivo para negociar as reivindicações dos servidores.

 

image_print