TRF finaliza edital de contratação de planos de saúde sem debate aprofundado

Em reunião na última segunda-feira, 11, o Grupo de Trabalho instituído pelo TRF-3 após mobilização dos servidores contra o reajuste abusivo dos planos de saúde definiu os critérios do edital da licitação que será realizada em 2018. “Todo o edital foi definido em apenas duas reuniões, o que foi questionado pelo Sindicato. Percebemos mais preocupação […]

Em reunião na última segunda-feira, 11, o Grupo de Trabalho instituído pelo TRF-3 após mobilização dos servidores contra o reajuste abusivo dos planos de saúde definiu os critérios do edital da licitação que será realizada em 2018. “Todo o edital foi definido em apenas duas reuniões, o que foi questionado pelo Sindicato. Percebemos mais preocupação em agradar às operadoras do que atender aos servidores”, criticou Luciana Carneiro, servidora do TRF e diretora do Sintrajud que acompanha o GT.
Serão contratados um plano odontológico (ao qual os servidores poderão aderir em separado) e dois tipos de planos de saúde. A sinistralidade será conjunta aos dois planos, o que pode afetar os reajustes no futuro caso um tenha mais adesão que o outro. Os reajustes serão baseados na sinistralidade mais índice inflacionário. “Estamos preocupados com a qualidade dos planos, e iremos acompanhar todo o processo”, frisa a diretora.

image_print
Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas