SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL NO ESTADO DE SÃO PAULO
links do site antigo do Sintrajud

Notícias do site antigo

25/11/2016

Dia de Luta na Baixada tem ato unificado no Fórum Central de Santos

Manifestações contra a PEC 55 reuniram diversas categorias, movimentos estudantil e de mulheres

O Dia de Luta contra a PEC 55 na Baixada Santista foi marcado por um ato público na escadaria do Fórum Central de Santos, como parte de uma programação que reuniu servidores do Judiciário estadual, servidores municipais, trabalhadores da educação, auditores fiscais, bancários, petroleiros, metalúrgicos e representantes dos movimentos estudantil e de mulheres.

O ato no Fórum Central foi organizado pela Associação de Base dos Trabalhadores do Judiciário do Estado de São Paulo (Assojubs) e pelo Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos do Judiciário Estadual na Baixada Santista, Litoral e Vale do Ribeira (Sintrajus).

Presente ao ato, o deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) disse que as medidas apresentadas no texto da PEC são, na verdade, um desmonte do Estado, transferindo os recursos públicos para os banqueiros e rentistas. “Devemos fazer uma grande mobilização, conscientizar a população para o que está por vir”, afirmou o deputado.

Lembrando que a primeira votação da PEC 55 no Senado está prevista para 29 de novembro, Michel Iorio Gonçalves, presidente da Assojubs e coordenador geral do Sintrajus, disse que é muito importante que as categorias de trabalhadores acompanhem a sessão. “Nessa data estaremos lá! Vamos ocupar Brasília se preciso for. Querem rasgar a Constituição e aprovar a PEC, temos que lutar!”

A programação do Dia de Luta na Baixada Santista Contra a PEC 55 teve ainda panfletagem com metalúrgicos na Usiminas, em Cubatão; mobilização com petroleiros na refinaria de Cubatão; aula Pública no centro de Santos com estudantes da Unifesp Silva Jardim sobre a ocupação da Universidade; ato do Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres, também no centro de Santos; e Ato Unitário na Praça da Independência, no Gonzaga.




Voltar