SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL NO ESTADO DE SÃO PAULO
links do site antigo do Sintrajud

Notícias do site antigo

23/11/2016

Servidores do Judiciário vão às ruas contra a PEC 55 nesta 6ª

Sintrajud prepara atividade no auditório do JEF sobre a PEC 55, com a participação de Washington Moura, e ato público na Baixada Santista

Os Servidores do Judiciário Federal de São Paulo participarão do Dia Nacional de Paralisações, convocado pelas Centrais Sindicais no dia 25 de novembro. A data terá manifestações e paralisações em todo o país contra a PEC 55, que pode congelar os investimentos no serviço público pelos próximos 20 anos, e contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

O dia 25 de novembro será o ponto alto da Jornada de Lutas com a participação e convocação de todas as Centrais Sindicais e entidades de base. A CSP-Conlutas defende que o acúmulo de forças e unidade são fundamentais neste momento e que a única forma de barrar os ataques promovidos pelo governo Temer é com a realização de uma grande Greve Geral.

Em São Paulo, os servidores do Judiciário Federal participarão de uma atividade, com a presença do economista Washington Moura Lima, assessor do Sintrajud, que fará uma palestra sobre a PEC 55 e a Reforma da Previdência. A atividade será às 14h, no auditório do Juizado Especial Federal (Av. Paulista, 1682).

Na Baixada Santista, os servidores participarão do ato, em conjunto com servidores do Judiciário Estadual, também na sexta-feira, a partir das 12h, em frente Fórum Estadual, na praça José Bonifácio, em Santos.

Em Campinas, os servidores farão um ato público às 16h, em frente a Justiça Federal. 

Além disso, os servidores também participam do ato unificado, convocado pela CSP-Conlutas e demais centrais sindicais, que acontecerá, a partir das 11h, em frente o prédio da Superintendência Regional do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) – Viaduto Santa Ifigênia, 266. Além dos servidores do Judiciário Federal, a manifestação contará com a participação do Sindicato dos Metroviários, Sinsprev, ASSIBGE e SINTUFABC.

Bandeiras de luta do Dia Nacional de Paralisações:

- Em defesa da saúde e educação: Contra a PEC 55 (antiga 241) e a Reforma do Ensino Médio

– Em defesa dos direitos dos trabalhadores: Contra a Reforma Trabalhista

– Em defesa da aposentadoria: Contra a Reforma da Previdência

– Em defesa do emprego: Redução da jornada de trabalho sem redução salarial

– Fora Temer e todos os corruptos do Congresso Nacional




Voltar