Sintrajud repudia ataques antidemocráticos e ameaças ao Sindicato dos Previdenciários


14/09/2021 - Shuellen Peixoto
Entidade teve um dos outdoors da campanha contra a 'reforma' administrativa e pelo "Fora Bolsonaro" destruído em São José do Rio Preto.

Ato de reinstalação do outdoor vandalizado (crédito): Divulgação Sinsprev.

A diretoria do Sintrajud se solidariza com os colegas do Sindicato dos Servidores e Trabalhadores em Saúde, Previdência e Assistência Social no Estado de São Paulo (Sinsprev) que sofreram ameaças, ataques políticos e tiveram um dos painéis da campanha contra a ‘reforma’ administrativa e pelo “Fora Bolsonaro” destruído na cidade de em São José do Rio Preto.

O ataque aconteceu no dia 7 de agosto, o outdoor colocado na Rodovia Washington Luís foi arrancado e  queimado e os vídeos da depredação, com ameaças, foram enviados à subsede regional da entidade. “Nós recebemos notícia e os vídeos com a vandalização do outdoor, logo encaminhamos a abertura de um boletim de ocorrência e estamos aguardando a investigação”, afirmou Thaize Antunes, diretora do Sinsprev.

Em resposta aos ataques, a Frente de Lutas das Trabalhadoras e Trabalhadores do Noroeste Paulista realizou um ato de solidariedade no dia 14 de agosto, mesmo dia em que o painel foi recolocado.  Para Thaize, a reinstalação do outdoor foi a demonstração de que trabalhadores e entidades sindicais têm direito a livre manifestação e organização.

A diretoria do Sintrajud classifica o ataque como uma tentativa de intimidação inaceitável à luta dos trabalhadores. “Nenhuma entidade sindical merece passar por este tipo de intimidação, nós seguiremos na luta junto com o Sinsprev, um sindicato que sempre esteve na linha de frente da defesa dos direitos dos trabalhadores, e não aceitaremos intimidações”, destacou Henrique Sales, diretor do Sindicato e servidor do TRT-2.

O Sintrajud, em unidade com diversos sindicatos do funcionalismo público de São Paulo, construiu a iniciativa de instalação de vários painéis e outdoors nas rodovias e nas cidades de São Paulo, como parte da campanha por vacinação contra a Covid-19 e em protesto contra a PEC 32/2020, que desmonta o serviço público no país (veja aqui).

A campanha conjunta esteve nas rodovias entre 21 de junho e 7 de julho:

Araçatuba: Rua Porangaba x Av. J.A.Brasil.

Barretos: Rua 18 x Rua 27.

Osasco: Av. Getúlio Vargas.

Presidente Prudente: Av. Salim Farah Maluf.

Ribeirão Preto: Av. Costa e Silva.

Santos: Av. Afonso Pena, ao lado do PS da Zona Leste | Av. São Francisco, em frente à delegacia central.

São Bernardo do Campo: Av. Lauro Gomes.


São José dos Campos: Av. Mário Covas | Praça Anchieta, próximo ao Parque da Cidade.

Sorocaba: Av. Costa e Silva.

 

 

Painéis rodoviários (entre 21 de junho e 25 de julho):

Barueri: Rodovia Castello Branco, Km 30, sentido São Paulo.


Campinas: Rodovia Bandeirantes, KM 97, sentido São Paulo.

Guarulhos: Rodovia Presidente Dutra, Km 216, sentido interior/RJ.

Itapecerica da Serra: Rodovia Régis Bittencourt, Km 285, sentido São Paulo.

Itaquaquecetuba: Rodovia Ayrton Senna, Km 42.

Jundiaí: Rodovia Anhanguera, Km 61, sentido São Paulo.

Piracicaba: Avenida Pádua Dias, 238, próximo à Esalq.

São Bernardo do Campo: Rodovia dos Imigrantes, Km 20 | Rodovia Anchieta, Km 14.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas