Sintrajud participou de atividade em defesa do serviço público em Brasília

Representantes de sindicatos, movimentos sociais, servidores e parlamentares de todo país lotaram o auditório Nereu Ramos na Câmara dos Deputados, durante toda esta quarta-feira, 12, no ato em defesa do serviço público. A atividade, convocada pela  Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, além da manifestação, contou também com  o seminário “Reforma Administrativa – Desmonte do Estado como projeto”.

O Sintrajud também assegurou representação nas atividades, com a presença dos diretores do Sindicato Fabiano dos Santos, servidor do TRT e coordenador da Fenajufe; Maria Ires Graciano, servidora do JEF; e Tarcisio Ferreira, também do TRT. Além dos dirigentes, participaram os servidores Akiko Akiyama, aposentada do TRT; Márcio Arnaldo Guimarães Lóis, aposentado do TRE; Maria Helena Garcia Leal, aposentada do TRF; Neemias Ramos, oficial de justiça do TRT; e Thiago Duarte, coordenador da Fenajufe e oficial de justiça do TRT.

O ato é parte da reação dos servidores contra os ataques do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes, que pretendem aprovar ainda no primeiro semestre o plano ‘Mais Brasile a ‘reforma’ administrativa, com ataques como redução salarial de até 25% e fim da estabilidade no serviço público.

Para os servidores que estiveram no seminário, os projetos em questão têm o objetivo de destruir o serviço público brasileiro. Por isso, é importante construir uma forte luta nacionalmente, em unidade com todos os setores do serviço público.

Para Tarcisio Ferreira, que falou durante o seminário, o momento exige organização e mobilização para resistir. “A atividade foi muito importante e representativa, mas é preciso ir para além deste espaço, levar adiante nossa campanha em defesa do serviço público e construir um grande 18 de março, um grande dia de greve nacional com atos de rua e atividades em todo o país”, afirmou o dirigente.

Em São Paulo, a categoria aprovou a construção na greve nacional no dia 18 de março na assembleia que aconteceu no último sábado, 8 de fevereiro.

Assista à fala de Tarcisio abaixo:

* Atualizado às 23:16.