Sintrajud inicia pesquisa sobre saúde e condições de trabalho dos oficiais

Está aberta, a partir desta segunda-feira, 6 de novembro, a pesquisa do Sintrajud sobre a saúde e as condições de trabalho dos oficiais de justiça, que poderão responder ao questionário até 1º de dezembro.

O levantamento é composto por testes validados cientificamente sobre saúde psíquica do servidor, contexto de trabalho e assédio moral. Além disso, há perguntas sobre condições de trabalho específicas dos oficiais de justiça e uma parte com questões sociodemográficas, como idade e tempo de serviço.

A pesquisa é fundamental para orientar a atuação do Sindicato no sentido de reivindicar melhores condições de trabalho para os oficiais e ações específicas voltadas à saúde e à segurança desses servidores.

 

INFORMAÇÕES SOBRE A PESQUISA

COMO PARTICIPAR

Para participar, os oficiais deverão inscrever seu e-mail institucional no site do Sintrajud. Após a inscrição, enviaremos por e-mail o link com o questionário a ser respondido.

O banco de dados do Sintrajud já tem o e-mail de alguns oficiais e outros endereços foram informados pelos tribunais. Logo, se você receber nosso e-mail, não é necessário se cadastrar no site.

O preenchimento dura em torno de 30 minutos e todas as questões são de múltipla escolha.

Algumas referem-se a temas como relação com chefias, assédio moral e até uso de álcool e substâncias psicoativas. Por isso, preencha em local em que se sinta totalmente à vontade para ser sincero em suas respostas.

CONFIDENCIALIDADE

A pesquisa é anônima e o sigilo é garantido. Não serão divulgadas informações específicas de um ou outro questionário, as respostas serão analisadas no seu conjunto, isto é, no seu caráter estatístico e não no âmbito individual. Apesar de o questionário ser enviado ao e-mail institucional, as respostas não serão identificadas, sendo impossível descobrir quem respondeu.

RESPONSÁVEL TÉCNICO

O psicólogo Daniel Luca (CRP 06/114964), assessor do Sintrajud na área de saúde do trabalhador, é o responsável técnico pela pesquisa. Qualquer dúvida contate-o ligando na sede da entidade (11 3222-5833) às segundas ou terças, das 10h às 19h ou pelo e-mail Daniel.luca.dsilva@gmail.com.

RISCOS E DESCONFORTO

A participação nesta pesquisa não traz complicações legais de nenhuma ordem e os procedimentos utilizados obedecem aos critérios da Ética na Pesquisa com Seres Humanos conforme a Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. Nenhum dos procedimentos utilizados oferece riscos à sua dignidade.

BENEFÍCIOS OU PAGAMENTO

Ao participar da pesquisa, você não terá nenhum benefício direto. Entretanto, os resultados do estudo vão contribuir para a luta por melhorias à saúde, segurança e condições de trabalho de oficiais de justiça e de outros servidores públicos.

Você não terá despesas para participar do estudo nem receberá pagamento por sua participação

CUIDADOS COM O LINK DA PESQUISA

O link recebido é único, para garantir o sigilo e evitar duplicidade de respostas. Portanto, não o divulgue. Uma vez respondido o questionário, não será possível responder novamente pelo mesmo link, nem enviar um segundo link ao mesmo servidor.

Caso você delete o link ou o e-mail por engano antes de responder a pesquisa, entre em contato com o Sindicato para que façamos o reenvio.

QUEM NÃO É OFICIAL DE JUSTIÇA PODE PARTICIPAR?

Neste primeiro momento, apenas os oficiais de justiça participam da pesquisa, mas já está programada para o ano que vem uma pesquisa mais ampla, envolvendo toda a categoria.

RESPONDA COM SINCERIDADE

Contamos com você para fazer uma pesquisa cujos resultados sejam confiáveis. Quanto mais fidedigna sua resposta, mais a pesquisa poderá ajudar a categoria.

image_print