Sintrajud abre novo prazo de cadastro para devolução do Imposto Sindical

O Sintrajud abriu novo prazo para atualização cadastral para os servidores da JF e TRF que tiveram desconto do Imposto Sindical em 2017Os servidores que ainda não atualizaram seu cadastro e desejam receber a devolução do imposto devem entrar no site (aqui) e atualizar seus dados bancários até o dia 10 de agosto.

Contrário à cobrança do imposto, o Sintrajud devolve todos os anos a parte que lhe cabe na arrecadação do tributo junto à categoria – 60% do total arrecadado. O Sindicato defende que as entidades sindicais devem se manter apenas com a contribuição voluntária de seus filiados.

Essa não é a postura de todos os sindicatos e centrais. De 2010 até 2015, a arrecadação com o Imposto Sindical destinado às centrais foi de R$ 682 milhões. A entidade que recebeu mais recursos são CUT (Central Única dos Trabalhadores), que obteve R$ 216,1 milhões no período, e a Força Sindical, com R$ 192,5 milhões. A Fenajufe e a CSP-Conlutas, por decisão congressual são contrárias ao Imposto Sindical.

O imposto será devolvido aos servidores que estiverem com os dados bancários cadastrados na entidade. A atualização dos dados deve ser feita através do preenchimento da ficha, disponível aqui, até dia 10 de agosto, para receber a devolução. O imposto dos servidores que não atualizarem os dados bancários até o dia 10 de agosto, ficará no fundo de greve. O Imposto Sindical dos trabalhadores que já fizeram a atualização de cadastro no site já foi depositado nas contas informadas.

Fundo de Greve

Se o valor referente ao Imposto Sindical for depositado em sua conta e você deseja contribuir com o fundo de greve, você pode fazer uma doação para fortalecer as lutas da categoria.

Tradição do movimento sindical combativo, o Fundo de Greve é de grande importância para financiar a mobilização dos trabalhadores. Neste momento, por exemplo, os servidores do Judiciário Federal, juntamente com outras categorias,  estão realizando uma grande campanha para derrotar as reformas da Previdência e das leis trabalhistas.

Para doar o dinheiro do Imposto Sindical ao Fundo de Greve, basta preencher o termo de renúncia e doação (aqui). Entre nessa luta!

image_print