CSP Conlutas Sintrajud Fenajufe
SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL NO ESTADO DE SÃO PAULO
03/jul/2018

Servidores têm reajuste em auxílios alimentação e creche

Correção de 2,95% e crédito retroativo referente ao mês de junho serão incorporados na folha de pagamento de julho

Shuellen Peixoto

Servidores do Judiciário Federal de São Paulo terão na folha de pagamento de julho reajuste nos auxílios alimentação e creche (assistência pré-escolar), congelados há mais de dois anos. Com o reajuste de 2,95%, equivalente ao IPCA do ano passado, o valor do auxílio-alimentação passou de R$ 884,00 para R$ 910,08. O auxílio-creche sobe de R$ 699 para R$ 719,62.

O reajuste foi determinado em portaria conjunta dos tribunais superiores, publicada no dia 4 de junho. Procurados pelo Sindicato, os três tribunais, informaram que o reajuste será incorporado na folha de pagamento de julho, com pagamento do crédito retroativo referente ao mês de junho.

No STF os valores atualizados já estavam em vigor desde fevereiro, quando o Supremo publicou portaria reajustando os benefícios para seus servidores. Desde então, o Sintrajud intensificou a pressão pela publicação da portaria conjunta visando estender o reajuste para todo o Judiciário Federal.

O Sintrajud questiona a não concessão do reajuste pelo IPCA de 2016, que foi de 6,29%, já que os benefícios estavam sem correção desde fevereiro daquele ano e a LDO do período autorizava o mesmo, que não foi aplicado pelos tribunais. A aplicação do IPCA equivalente aos dois anos em que os benefícios ficaram congelados resultaria num reajuste de 9,43%, elevando o auxílio-alimentação para R$ 967,36 e o auxílio-creche para R$ 764,91

Compartilhar: