Servidores reforçam campanha nas redes sociais contra a ‘reforma’ administrativa


03/05/2021 - Shuellen Peixoto
Nesta segunda-feira, 3 de maio, a partir das 19h, acontece mais um ‘twittaço’; o objetivo é lotar as redes com publicações usando #CancelaAReforma.

Para ampliar a mobilização contra a aprovação da ‘reforma’ administrativa (PEC 32/2020), a Frente Parlamentar Mista do Serviço Público em conjunto com entidades sindicais de todo o país estão convocando mais um ‘twittaço’ nesta segunda-feira, 3 de maio, às 19h. O Sintrajud é parte desta iniciativa, que tem o objetivo de lotar as redes sociais com posts usando hashtags. A desta segunda-feira é #CancelaAReforma.

Para participar e intensificar a pressão pela derrubada da ‘reforma’ administrativa, basta postar ou compartilhar posts nas redes sociais, sempre usando as hashtags unitárias. Convide seus colegas, quanto mais postagens, maior a pressão.

A pressão para a derrubada da Proposta de Emenda Constitucional 32/2020, que é apontada pelas entidades e parlamentares que integram a Frente como uma tentativa de desmontar os serviços públicos, está sendo intensificada em todo o país. A PEC se encontra na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e até o dia 14 de maio estão programadas audiências públicas.

Ação virtual para responder aos ataques de Paulo Guedes

Nesta terça-feira (4), às 11h, está prevista a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, para defender a ‘reforma’ na Comissão. Certamente se ele comparecer virão novos ataques verbais contra o funcionalismo. Guedes já comparou servidores a “parasitas”, disse que havia “colocado uma granada no bolso do inimigo” ao aprovar o congelamento salarial para servidores até dezembro deste ano, e defende o completo desmonte do Estado. O Sintrajud convida toda a categoria a acompanhar o debate e se manifestar no chat da transmissão da sessão na CCJ (o link será disponibilizado nas redes sociais do Sindicato).

Além das mobilizações nas redes sociais, estão sendo realizados atos presenciais, com respeito aos protocolos de segurança da Organização Mundial da Saúde. Na última sexta-feira, 30 de abril, servidores realizaram uma manifestação na Esplanada dos Ministérios e mobilizações nos bairros de diversas cidades com carros de som informando a população os ataques que a ‘reforma’ impõe a todos que utilizam os serviços públicos. O Sintrajud e as demais entidades organizadoras do ato defendem todos os esforços precisam ser voltados para medidas que busquem deter a pandemia e salvar vidas.

Toda segunda-feira o Movimento em defesa dos serviços públicos e o Fonasefe divulgam o cronograma de atividades de mobilização contra a PEC 32. Ao longo das semanas vem sendo usada pela Frente também a hashtag  #DerrubaPEC32.

Petição online

A Frente Parlamentar Mista do Serviço Público também está  colhendo assinatura em uma petição pública endereçada ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP/AL), pela retirada da proposta de ‘reforma’ administrativa da pauta do Congresso Nacional. No auge da pandemia, a prioridade do parlamento deve ser o debate sobre como conter a disseminação do novo coronavírus, e não ataques a quem está na linha de frente das ações contra a crise sanitária, como os servidores da saúde e outras áreas. Para assinar a petição online, acesse aqui.

Os servidores também podem votar contra a PEC 32 na consulta pública disponibilizada na página da Câmara dos Deputados. Toda forma de pressão neste momento em que as atividades presenciais estão restritas é importante, especialmente às vésperas de um ano eleitoral.

 

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas