Servidores protestam contra ‘reforma’ da Previdência estadual em Cubatão

O governador João Doria (PSDB) foi ‘recebido’ com protesto em Cubatão na quarta-feira, 18 de dezembro. O gestor estava na cidade para inauguração do restaurante ‘Bom Prato’ e teve que ouvir os manifestantes que gritavam “Dória mentiroso”.

O protesto, organizado pela Frente Sindical Classista da Baixada Santista, mostrou para a população da cidade que Doria descumpriu suas promessas de campanha eleitoral, quando afirmava que não atacaria a aposentadoria dos servidores. Tramita na Assembleia Legislativa de São Paulo um projeto de ‘reforma’ da Previdência estadual que tem regras ainda mais duras que EC 103/2019 (veja matéria aqui).

O ato, que teve a participação  dos servidores do Judiciário Federal e Estadual, além de professores e servidores municipais, incomodou muito João Dória, que reagiu como costumeiramente faz ao ser questionado, chamando os manifestantes de “turma do sanduíche” e “turma do salame”, de forma pejorativa.

Na avaliação da diretora do Sintrajud Lynira Sardinha, servidora da JT/Cubatão, o protesto cumpriu o papel de desmascarar o governador diante da população da cidade. “Mesmo embaixo de chuva, os servidores compareceram para protestar contra esse ataque absurdo ao direito de aposentadoria dos servidores”, afirmou Lynira.

Confira o vídeo do protesto: