Servidores fazem paralisação de 2 horas contra o aumento abusivo da Amil


09/08/2017 - Shuellen Peixoto

Centenas de servidores da Justiça Federal em São Paulo paralisaram as atividades e participaram da manifestação para cobrar da Administração do TRF-3 mais verbas para a assistência médica. O ato aconteceu nesta quarta-feira, 9,  em frente ao prédio do Tribunal, na Avenida Paulista. Uma nova paralisação de duas horas e assembleia acontecem na próxima quarta-feira, 16, das 14h às 16h, no mesmo local.

A categoria está mobilizada contra o reajuste de até 47% no valor da mensalidade do plano de saúde, anunciado pela Administração do TRF. Os servidores lutam para que o Tribunal peça crédito suplementar para assistência médica, bem como para obter maior transparência na negociação entre o Tribunal e a Amil, enquanto questionam o índice de reajuste.

“Vamos seguir mobilizados para continuar pressionando a Administração para cobrar a suplementação de verbas para a assistência médica dos servidores”, disse o diretor do Sintrajud Gilberto Terra, servidor da JF/Previdenciário.

Ao longo da semana, os servidores fizeram um abaixo-assinado contra o aumento que já tem mais de 1500 assinaturas. A categoria seguirá colhendo assinaturas (veja o documento neste link), o objetivo é entregar o documento para presidente do TRF-3, como mais uma demonstração da insatisfação da categoria.

“Esta luta é uma bandeira de todos os servidores, somos todos atingidos, cada assinatura no abaixo-assinado expressa o tamanho do nosso descontentamento com este aumento abusivo”, afirmou Ana Luiz Figueiredo, diretora do Sintrajud e servidora aposentada do TRF. “É importante manter a mobilização porque este aumento não está dado, temos que seguir exigindo que o Tribunal peça verba suplementar”, destacou.

A administração do TRF-3 ainda não respondeu o requerimento do Sintrajud quanto ao pedido de suplementação de verba. Durante a manifestação desta quarta-feira, uma comissão de servidores foi até a reunião do Órgão Especial, que acontecia no mesmo horário que o ato, e entregou requerimentos aos desembargadores presentes pedindo apoio a luta dos servidores por mais verbas para saúde.

“Fomos bem recebidos pelos desembargadores e continuaremos entregando o requerimento para os que não estavam presentes, nossa mobilização está pressionando o órgão e precisamos continuar para que a Administração atenda nosso requerimento”, ressaltou Maria Ires Graciano, servidora do JEF e diretora do Sintrajud.

Paralisação de 2 horas por mais verbas para saúde

Para seguir pressionando a Administração do TRF, os servidores já marcaram uma nova paralisação de duas horas e assembleia na próxima quarta-feira, 16, às 14h, em frente ao TRF. A atividade também será parte do dia nacional de luta contra o desmonte do serviço público, convocado pelo Fórum Nacional dos Servidores Públicos Federais. “Existem uma série de ataques que, na prática, significam uma tentativa de desmonte do serviço público no país, é preciso que estejamos unidos e mobilizados para reverter essa situação”, afirmou Erlon Sampaio, oficial de justiça da JF e coordenador da Fenajufe.

Durante a manifestação, os servidores também aprovaram uma moção de apoio a luta dos oficiais do TRT contra o Ato GP CR 05/2017, que pretende tirar oficiais de justiça das centrais de mandados e alocá-los nas varas.

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL DO SINTRAJUD/SP – DIA 16/08/2017

 

 

 

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL NO ESTADO DE SÃO PAULO– SINTRAJUD/SP, em conformidade com o Estatuto Social da Entidade (artigo 38), faz saber que realizará ASSEMBLEIA GERAL, no próximo dia 16 de agosto de 2017, a ser instalada às 14h, em 1ª convocação com a presença de pelo menos metade mais um dos associados quites com a tesouraria e, em 2ª convocação, trinta minutos após, em qualquer número, a ser realizada em frente à entrada do prédio do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, situado na Avenida Paulista, 1842, Bela Vista, São Paulo – SP. CEP: 01310-936.

PAUTA:

  1. INFORMES SOBRE O REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE AMIL, ADMINISTRADO PELO TRF3;
  2. DELIBERAÇÃO SOBRE INDICATIVO DE PARALISAÇÃO/MOBILIZAÇÃO/GREVE ENTRE OUTRAS ATIVIDADES CONTRA O REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE AMIL, ADMINISTRADO PELO TRF3;
  3. OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE DA CATEGORIA.

São Paulo, 10 de agosto de 2017

 

 

Tarcísio Ferreira

Coordenador Geral do SINTRAJUD/SP

 

 

Claudia Vilapiano Teodoro de Souza

Coordenadora Executiva do SINTRAJUD/SP

 

 

 

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas