Servidores discutiram combate ao assédio moral em setorial no JEF

Na tarde da sexta-feira, 7, servidores do JEF participaram da assembleia setorial para discutir o combate ao assédio moral no Judiciário Federal e as demandas específicas da categoria. A atividade contou também com a apresentação da nova diretoria do Sintrajud, que assumiu a direção do Sindicato nas últimas semanas. O psicólogo Daniel Luca, assessor do […]

Na tarde da sexta-feira, 7, servidores do JEF participaram da assembleia setorial para discutir o combate ao assédio moral no Judiciário Federal e as demandas específicas da categoria. A atividade contou também com a apresentação da nova diretoria do Sintrajud, que assumiu a direção do Sindicato nas últimas semanas.

O psicólogo Daniel Luca, assessor do Sintrajud, participou da assembleia e fez a apresentação da cartilha de combate ao assédio moral.  Para dar início a uma campanha contra o assédio moral no Judiciário Federal, os servidores decidiram fazer reuniões periódicas nos locais de trabalho e indicaram a publicação de matérias no jornal do Sindicato com denúncias anônimas dos casos de assédio contra os servidores.

Além do combate ao assédio moral, os servidores também falaram sobre a necessidade de ampliar o debate para construção da luta pela jornada de 6 horas diárias no Judiciário.

Discutiu também a redução dos auxiliares de limpeza nos prédios da justiça federal, principalmente nos prédios dos JEFs por se tratar de  público com perfil distinto dos demais foros, pois a maioria dos jurisdionados dos JEFs são pessoas idosas e a grande maioria doentes.

Esta foi a primeira setorial ocorrida no JEF este ano, parte das propostas de ação da nova diretoria do Sintrajud é promover reuniões periódicas nos locais de trabalho para ampliar o espaço de diálogo entre os servidores e o Sindicato.

image_print
Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas