Servidoras e servidores garantem maior delegação da história na Olimpíada da JT

Pelo terceiro ano consecutivo Sindicato apoia delegação, que conta com as campeãs do vôlei feminino em 2018 e recordistas da natação e do atletismo.

Têm início neste sábado (21 de setembro) os XVIII jogos olímpicos da Justiça do Trabalho. Esse ano o campeonato acontece em Belo Horizonte, até o dia 27, e o TRT-2 terá a maior delegação desde a primeira participação no evento, em 2012. Serão 46 representantes inscritos em 13 diferentes modalidades: atletismo, ciclismo, damas, dominó, futebol soçaite, futebol de salão, futevolei, natação, tênis de campo, tênis de mesa, vôlei de areia feminino, vôlei de quadra feminino e xadrez.

A Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho é organizada pela Associação Nacional dos Servidores do Judiciário Trabalhista (Anastra) e reúne equipes de TRTs de todo o país, além do Tribunal Superior do Trabalho, em 22 diferentes esportes: do dominó ao atletismo.

Campeãs femininas do vôlei são de SP

A equipe de ouro de 2018 no vôlei feminino é um dos destaques da delegação paulista e voltará às quadras com novas integrantes. O time foi montado em fevereiro do ano passado e reúne servidoras de diversos unidades da Segunda Região.

“Começamos a conversar sobre o desejo de montar uma equipe feminina de vôlei do TRT-2 e, quem sabe, conseguir levar esse time para disputar as Olimpíadas da Justiça do Trabalho em setembro de 2018. Começamos uma busca desenfreada para localizar as colegas que se interessavam por vôlei e também para “convencê-las” a se programarem para ir aos jogos. Aos poucos conseguimos um número bom de pessoas, enfrentamos problemas na liberação das juízas por conta da antiga Corregedoria, mas conseguimos. Não tivemos muito tempo para nos organizarmos para treinar. O time completo só conseguiu se reunir uma única vez, num amistoso em Pirituba, faltando sete dias para o início das Olimpíadas”, conta Camila Duarte Pereira, servidora lotada no Fórum Trabalhista Ruy Barbosa.

Na foto do alto, da esq. à dir.: Luciana, Sâmia, Camila, Andréa, Maria e Tânia. Abaixo: Deborah, Syrlei, Maria Claudia, Camila, Luciana, Tânia, Joelma (que não irá a BH) e Andréa.

A falta de treino, no entanto, não comprometeu o entrosamento da equipe que deixou sua marca na competição com o ouro invicto e agora retorna com disposição de repetir o feito. Na faixa ao lado, o lema mostra que a meta é alta. “Se não for pra caôsar, a gente nem vem! #RumoAoPódio #Caôsação #ONJT”. A torcida por aqui será grande.

“Enfrentamos adversárias fortes em todos os jogos, mas contamos com o apoio da torcida da delegação em todos os jogos. Quando ganhamos a final contra o time do TRT/Ceará a torcida invadiu a quadra e comemorou junto com a gente a vitória emocionante”, relata Camila Duarte.

No ano passado, 13 servidoras integraram a delegação feminina, sendo 9 do time de vôlei. Em 2019 são 16 mulheres inscritas e 8 no vôlei. “Mas precisamos de mais participantes”, ressalta Camila.

Recordes paulistas

São de servidoras do TRT-2 também os recordes históricos da natação feminina. Scheilla Regina Brevidelli bateu a marca de 57.01 no ano passado nos 50 metros livre de 55 a 59 anos. Cibele Marques Messora atingiu 1:02.45 na mesma modalidade e 2:35.43 nos 100m livre acima de 60 anos. E Carolina Quadrado Ilha cravou 3:16.21 nos 200m libre de 35 a 39 anos. Todas as marcas foram atingidas no ano passado.

No atletismo masculino o TRT-2 bateu o recorde com Léo Aparecido Ferreira da Silva, que emplacou seu nome na história da competição em 2015 com as melhores marcas nos 100m e nos 200m rasos de 40 a 44 anos.

Camila defende que haja mais divulgação dos jogos olímpicos, que os servidores sejam orientados sobre o caráter da competição, como participar e os custos, garantia da liberação do ponto para todos os atletas regularmente inscritos – como critério de incentivo ao esporte – e estrutura de apoio. No ano passado, o time campeão viajou sem técnico e as servidoras levaram as suas próprias bolas para treino e aquecimento.

“Ainda é necessário mais apoio dos Tribunais para a formação de equipes, afinal nas Olimpíadas vamos representando a instituição. Mas é importante também que os servidores se mobilizem e se organizem para que tenhamos competitividade”, conta.

Para este ano o Sintrajud contribuiu no patrocínio da equipe com o fornecimento de bolas de futebol, coletes, um mês de aluguel de quadra para a equipe do futebol masculino e o pagamento das inscrições de todos os esportistas servidores sindicalizados. “É uma função importante do Sindicato que também, além da integração entre os colegas, garante também a necessária integração com a entidade representativa da categoria. Neste ano, 90% do time de futebol masculino é filiado, e esperamos que o número de sindicalizados aumente nas demais modalidades”, relata Henrique Sales Costa, servidor do TRT e diretor do Sindicato que também estará entre os atletas que vão disputar um lugar ao sol, ou no pódio, no soçaite e no futsal dos meninos.

Confira abaixo a delegação do TRT-2:

Natação
Cibele Marques Costa Messora
Clayton Massaaaki Hirose
Diógenes Boschetti Almeida
Ítalo Vinícius Lionel
Jennifer Satiko Ishii
Reinaldo de Medeiros
Scheilla Regina Brevidelli

Xadrez
Isaías Nunes Cavalcante
Javert Monteiro
Juliana Elise Doerlitz

Atletismo
Ana Paula Sabatoski
Jennifer Satiko Ishii
Reinaldo de Medeiros
Stéphanie Resinentti Barbosa
Wagner Ambrósio

Vôlei Feminino
Andréa Silva Pegoraro
Camila Duarte Pereira
Deborah Clini
Luciana Carla Corrêa Bertocco
Maria Cláudia Araújo Moura Nunes Santos
Sâmia Pereira Salomão
Syrlei Soares Martins de Holanda
Tânia Bedê Barbosa

Tênis de campo
Paulo César Schiavi Martins

Tênis de mesa
Nataly Joana Vieira Meissinger
Thiago Duarte Gonçalves

Ciclismo
Cláudio Kano

Futsal/Soçaite
Adriano Daciulis
Adriano Nantes Paim
Bruno Nagima Segawa
Diego Espanhol
Diego Pinto Barros
Eduardo Pereira Galindo
Frederico Monacci Cerutti
Gustavo Pereira da Cunha Neto
Henrique Sales Costa
Igor Damasceno de Lima
Luís Antônio Campana Soares
Mac Denison Buarque Lins Costa
Marcelo Henrique Freitas
Marcos Batista de Holanda
Pedro Lorenzi Breier
Ricardo Shinhiti Taura
Stefan de Cerqueira Lima e Chieppe Jesus
Thiago Duarte Gonçalves
Thiago Nunes dos Santos

Damas
José Maria de Souza

Dominó
José Maria de Souza
Juliana Elise Doerlitz
Reinaldo de Medeiros
Vera Cristina Soares Furis

Futevolei
Stefan de Cerqueira Lima e Chieppe Jesus
Márcio Arruda de Souza

Volei de Areia Feminino
Dupla 1: Maria Claudia Araujo Moura Nunes Santos e Tânia Bedê Barbosa

Dupla 2
Andrea Silva Pegoraro e Luciana Carla Corrêa Bertocco

image_print
Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas