Servidora do TRF lança livro sobre Marxismo, Humanismo e Direito neste sábado

No próximo sábado, 24 de março, a servidora do Tribunal Regional Federal Juliana Paula Magalhães lança o livro Marxismo, Humanismo e Direito: Althusser e Garaudy, pela editora Ideias&Letras. A atividade de lançamento acontece no Sindicato dos Bancários (Rua São Bento, 413, Centro – auditório da Faculdade 28 de Agosto), das 9 às 13 horas. O […]

No próximo sábado, 24 de março, a servidora do Tribunal Regional Federal Juliana Paula Magalhães lança o livro Marxismo, Humanismo e Direito: Althusser e Garaudy, pela editora Ideias&Letras. A atividade de lançamento acontece no Sindicato dos Bancários (Rua São Bento, 413, Centro – auditório da Faculdade 28 de Agosto), das 9 às 13 horas.

Juliana com exemplar do livro que integra a série ‘Direito & Crítica’ da Editora Ideias & Letras (crédito: divulgação).

O livro é o primeiro trabalho editorial de Juliana, produto de sua dissertação de mestrado em Filosofia e Teoria Geral do Direito pela Faculdade de Direito da USP, concluída em 2016. Atualmente, Juliana cursa o doutorado na mesma instituição.

O mestrado foi orientado pelo professor Alysson Leandro Barbate Mascaro, nome de referência em Filosofia e Teoria Geral do Direito. Da banca avaliadora participaram os especialistas Armando Boito Júnior (Titular de Ciência Política da Unicamp), Luís Fernando Massonetto (professor da área de Direito Econômico e Economia Política da FDUSP) e Ricardo Musse (professor associado no Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo).

Mascaro também prefacia e é autor da gravura que ilustra a capa da publicação.

“A obra trata especialmente do debate marxista sobre o humanismo, protagonizado pelos filósofos franceses Roger Garaudy e Louis Althusser. O estudo dessa controvérsia e de suas implicações busca elucidar o papel do Direito no âmbito da sociedade capitalista”, explica a autora, que é servidora do Judiciário Federal em São Paulo desde 2002.

A diretoria do Sintrajud parabeniza Juliana pela conquista de editar um livro no Brasil, mesmo com os altos custos do mercado editorial no país. A afirmação de uma mulher autora no campo da Filosofia Crítica do Direito é também motivo de comemoração para a direção do Sindicato, dado que o espaço da academia e figuras de referência na área são ainda muito masculinizados.

O evento de lançamento se realizará no mesmo horário do Seminário sobre reforma trabalhista e terceirização que o Sintrajud promove na manhã de sábado. Mas diante da importância do tema o Sindicato divulga a atividade com muita alegria.

Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas