Passagens nos locais de trabalho e diálogo com a população intensificam preparação da greve geral

Servidores podem se incorporar a equipes dos “arrastões para a greve” na capital; no interior, orientação é que diretores de base também formem equipes para mobilizar a categoria.

O Sintrajud intensificou nesta semana a convocação à greve geral marcada para sexta-feira, 14 de junho. Nesta segunda foi realizado um “arrastão” no TRF-3, que continua na Torre Sul do Tribunal amanhã (terça), das 14h às 17h.

Também a partir desta terça haverá passagens nos Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, no Edifício Millenium (unidade Administrativa 1 do TRT), nos fóruns  trabalhistas da Zona Leste e da Zona Sul, além das unidades do TRE na capital.

Quem quiser se incorporar nas atividade de organização da greve pode entrar em contato com os diretores no exercício do mandato sindical com liberação de ponto: Claudia Vilapiano (que estará percorrendo os locais de trabalho em Campinas), Fabiano dos Santos (responsável por organizar as atividades de convocação na Justiça do Trabalho na capital), Gilberto Terra (que coordena as passagens nos locais de trabalho da Justiça Federal em São Paulo) ou Henrique Sales (que organiza a convocação nas unidades da Justiça Eleitoral na cidade de São Paulo, junto com o diretor executivo Maurício Rezzani, que não está em liberação para exercício do mandato classista).

Os demais diretores também estão dialogando com os colegas nos intervalos de almoço, antes do horário de entrada no trabalho, ao final do expediente. O esforço agora é total para garantir forte adesão da categoria à greve geral, que terá participação de diversos segmentos do funcionalismo público e do setor privado, incluindo metroviários, condutores de ônibus e até motoristas que atuam em transporte por aplicativos.

A diretora Maria Ires Graciano Lacerda estará em Brasilia, onde atuará na pressão junto aos deputados para que votem contra a ‘reforma’. Nesta terça (11), Ires e Claudia Vilapiano acompanham também o Encontro Nacional de Soluções de Tecnologia, Inovação e Criatividade na Justiça Federal, que acontece na sede do Conselho da Justiça Federal, na capital do país. O evento discute a aplicação da inteligência artificial e novas tecnologias no âmbito da JF, outro tema de preocupação da categoria devido à falta de debates sobre os impactos na saúde e na sobrecarga de trabalho.

Também nesta terça-feira, às 16 horas, o advogado César Lignelli, do departamento Jurídico do Sindicato, realiza a 22ª palestra sobre os impactos da ‘reforma’ nas vidas dos trabalhadores públicos e privados. Dessa vez a atividade acontece no Anexo Presidente Wilson da Justiça Federal.

Para o interior, Baixada e Grande São Paulo

A orientação para os colegas que atuam nos fóruns da Grande São Paulo, Baixada Santista e interior é que também montem grupos de mobilização. Se houver qualquer tipo de pressão das chefias ou intimidação, o departamento Jurídico ou a direção executiva do Sindicato devem ser acionados de imediato (aqui você pode também conferir algumas orientações jurídicas sobre o direito de greve).

Em todos os locais onde há diretores de base eleitos, esses também estão chamados a organizar a greve geral aprovada em diversas instâncias de deliberação da categoria (assembleias, Conselho de Base, no 10º Congrejufe) e reafirmada na assembleia de 18 de maio.

No calendário da semana também está incluída uma panfletagem e coleta de assinaturas ao abaixo-assinado contra a ‘reforma’ em frente à estação Anhangabaú do Metrô, a partir das 17 horas de quarta (12). Nesta segunda aconteceu atividade similar no Terminal Parque Dom Pedro II, na região Central da capital.

Confira abaixo os telefones para contato dos diretores:

Claudia Vilapiano – (19) 98111-2041

Fabiano dos Santos – (11) 94559-0119

Gilberto Terra – (11) 99527-8971

Henrique Sales – (11) 98989-1289

image_print
Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas