#ParasitaÉPauloGuedes: Nota de repúdio ao governo Bolsonaro e ao ministro da Economia

Parasita é quem destrói os serviços públicos e tira direitos dos trabalhadores!

Nesta sexta-feira (7 de fevereiro), durante evento na Fundação Getúlio Vargas, o ministro da Economia, Paulo Guedes, comparou o funcionalismo a ‘parasitas’ ao defender a destruição dos serviços públicos e a retirada de direitos dos servidores, mascarado sob o nome de ‘reforma’ administrativa.

O ministro de Bolsonaro disse explicitamente: “O hospedeiro está morrendo. O cara virou um parasita. O dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático”. Esta absurda declaração revela o que este governo pensa sobre quem dedica sua vida ao serviço público. Um desrespeito às pessoas que, mesmo enfrentando congelamento salarial e péssimas condições de trabalho, garantem o funcionamento de serviços essenciais para a população.

Este discurso não é apenas contra aos servidores, é a pregação do sucateamento dos serviços públicos e retirada de direitos do povo.

O Sintrajud repudia veementemente a declaração de Paulo Guedes. Estamos intensamente na construção da luta contra as políticas de desmonte deste governo, que se aceleram dia a dia.

É momento de união de todas as categorias de servidores para fazer frente a esse governo inimigo do povo, que quer destruir os serviços públicos, fundamentais no dia a dia da população. Convocamos todas e todos para a construção da greve nacional marcada para 18 de março. Vamos responder na luta e nas ruas e esses absurdos ataques!

#parasitaépauloguedes

Diretoria executiva do Sintrajud