Nota de pesar pelo falecimento da oficiala aposentada Maria Ignez Oliva

Servidora faleceu neste domingo, aos 80 anos, e o Sintrajud manifesta solidariedade à família e aos amigos.
Maria Ignez e o colega João Carvalho, também aposentado da JF (arquivo pessoal).

Neste domingo a categoria judiciária em São Paulo perdeu mais uma colega. Maria Ignez Oliva, oficiala de justiça aposentada da Justiça Federa na capital, era sindicalizada desde 1997 e frequentadora das atividades do Núcleo de Aposentados e Pensionistas e demais atividades promovidas pela entidade. Vítima de um enfarte, a colega tinha recém completado 80 anos de idade e não deixa filhos, nem cônjuge.

Ex-diretora do Sintrajud e atual representante dos aposentados e aposentadas no Conselho de Base do Sindicato, a colega Ana Fevereiro, também aposentada, do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, lembrou à reportagem a trajetória de Maria Ignez na organização da categoria. “Ela participou da primeira caravana a Brasília em 1997, daí pra frente fez amizades no Sintrajud e participou de muitos eventos. Era bastante crítica da política brasileira, se informava bastante e tinha suas convicções. Às vezes era muito engraçada contando umas piadinhas e era muito direta quando emitia opiniões”, afirmou.

A diretoria e funcionários do Sindicato manifestam pesar e solidariedade à família e amigos de Maria Ignez.