Live no dia 29 debate prevenção e posvenção ao suicídio

Oficial de justiça aposentado e psicóloga, ativistas da luta contra o preconceito e a invisibilidade do tema, participam da conversa, às 17h30, pelo Facebook, YouTube e site do Sindicato.

Na próxima terça-feira (29 de setembro), às 17h30, o Sintrajud dá continuidade aos debates que buscam contextualizar a questão do suicídio como tema social que deve ser conhecido e discutido por toda a sociedade – especialmente nos tempos difíceis em que vivemos – sem preconceitos ou culpabilização das vítimas. O debate será a 47ª live promovida pelo Sintrajud desde o início da quarentena imposta com a pandemia do novo coronavírus.

O colega Ivo Oliveira Farias, oficial de justiça federal aposentado, e a psicóloga Ionice Lourenço, ativistas em favor da valorização da vida e da prevenção e posvenção ao suicídio, serão os convidados da transmissão ao vivo especial. A mediação será conduzida pelo diretor do Sindicato Tarcisio Ferreira.

Sobrevivente enlutado pelo suicídio, Ivo — que também é representante dos aposentados no Núcleo do segmento na estrutura sindical do Sintrajud  — tem participado como depoente e palestrante em simpósios, seminários e congressos e rodas de conversa sobre o tema do suicídio desde que perdeu a filha mais velha, Ariele, aos 18 anos, em 13 de março de 2014. O servidor aposentado também coordena o Grupo Luta em Luto de Apoio aos Sobreviventes do Suicídio, que funciona na subsede do Sindicato em Santos desde fevereiro de 2019, e atua como voluntário do CVV (Centro de Valorização da Vida).

“Resolvi resignificar minha nova existência, como sobrevivente enlutado pelo suicídio da minha filha, abrindo mão do anonimato, abraçando a militância e ativismo pela valorização da vida, em prol da prevenção e posvenção, falando abertamente sobre nossa dura realidade, evidenciando e quebrando o tabu do silêncio. Foi a forma que encontrei para me fortalecer e conseguir seguir adiante, sobrevivendo à vida que me coube ser vivida”, afirma.

A transmissão ao vivo poderá ser assistida nas páginas do Sindicato no Facebook e no YouTube, e também aqui pelo site.

O objetivo do Sintrajud com este evento é também frisar que o debate sobre tema do suicídio e suas causas não pode ficar restrito ao mês de setembro, quando internacionalmente ocorre a campanha Setembro Amarelo, de prevenção. Para reduzir as altas taxas de pessoas vítimas de suicídios no mundo todos os anos é preciso tirar o tema da invisibilidade e romper com o silêncio que ainda é socialmente imposto.

O Sintrajud convida a categoria a participar da live e divulgar o evento.