Jornada de atos contra reforma administrativa “visita” Alex Manente nesta 6ª


15/10/2021 - Luciana Araujo
Escritório político do deputado federal do Cidadania é o primeiro que terá protesto de categorias em luta contra a PEC, às 10 horas deste dia 15.

A luta unificada contra a ‘reforma’ administrativa já repercute nas dificuldades que o governo vem tendo para avançar com a tramitação da PEC 32/2020 na Câmara dos Deputados. Para denunciar os deputados que votaram favoravelmente à PEC na Comissão de Constituição e Justiça (CCJC) ou na Comissão da Reforma, diversos sindicatos de servidores iniciam uma rodada de atos também nos escritórios políticos no estado de São Paulo, além das mobilizações que já completam cinco semanas em Brasília. O primeiro protesto desta série “visitará” o deputado federal Alex Manente (Cidadania), que se declarava indeciso e votou com o governo na comissão especial. O ato nesta sexta-feira, 15 de outubro, a partir das 10 horas, acontece no escritório de Manente em São Bernardo do Campo (ABC Paulista).

Após diversas manobras, incluindo a superlotação da comissão especial pelo partido “Novo”, para votar a PEC 32 no colegiado, diversos deputados que se declaravam favoráveis à proposta vêm declinando de marcar sua biografia com uma votação que tende a entrar para a história da traição aos direitos da população de acesso a serviços públicos.

Todas as centrais sindicais no país, centenas de sindicatos e movimentos sociais têm organizado ações de pressão sobre os deputados e deputadas e diálogo com a população para difundir os impactos da ‘reforma’ no atendimento nas creches, escolas e universidades públicas, na saúde e no conjunto do SUS – que teve sua importância social destacada na pandemia.

O objetivo das entidades é barrar integralmente a possibilidade de aprovação da PEC 32, que mesmo na versão substitutiva mantém a perspectiva privatizante e de ataque a direitos num momento de grave crise social e econômica, alertam os organizadores do ato, entre os quais o Sintrajud.

A decisão de realizar protestos nos escritórios políticos foi aprovada na reunião do comando de mobilização ocorrida no último dia 8 de outubro. A diretoria do Sindicato articulou a atividade com entidades que participam do Fórum dos Trabalhadores do Setor Público no Estado e outros espaços de articulação de unidade com as centrais sindicais e movimentos sociais. Para quem não puder participar do ato, a orientação é pressionar o deputado a mudar seu voto comentando nas redes sociais de Manente e usando a hashtag #PEC32SeVotarNãoVolta.

Acesse abaixo as páginas oficiais de Alex Manente:

Twitter: @AlexManente23
Instagram: @alexmanente
Facebook: @alexmanente
WhatsApp: bit.ly/AlexManentePEC32
E-mail (envio a todos os parlamentares eleitos por SP): bit.ly/derrubaPEC32

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas