Impactos da PEC 32 na vida das mulheres e da população negra será tema de próxima live do Sindicato

Transmissão acontece na terça-feira, 24 de novembro, às 18h, nas páginas do Youtube e Facebook do Sindicato, e marcará o início das atividades dos “21 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”.

 

Os impactos da ‘reforma’ administrativa na vida das mulheres e da população negra será o tema da próxima live do Sintrajud, que acontece na terça-feira, 24 de novembro, às 18h, com transmissão no YouTube, Facebook e aqui pelo site.

A live foi organizada pelo Coletivo de Mulheres do Sintrajud – Mara Helena dos Reis e faz parte das atividades 21 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres. O período entre 25 de novembro, Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, e 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, é reconhecido pela ONU como sendo de mobilização para erradicar esse tipo de violência. No Brasil, o início da campanha foi antecipado para 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra, formando os 21 dias de ativismo, já que a violência contra as mulheres atinge ainda mais as negras (pretas e pardas, de acordo com a classificação do IBGE).

Para conversar com os servidores sobre o tema, a diretoria do Sindicato convidou auditora fiscal aposentada Maria Lucia Fattorelli, coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida. A especialista vai aprofundar a análise dos ataques contidos na PEC 32 — tema em relação ao qual já falou em outra transmissão ao vivo do Sintrajud — e sua relação com outras propostas legislativas e alterações constitucionais, como a ‘reforma’ da Previdência (EC 103), a emenda do ‘teto de gastos’ (EC 95). A live também terá a participação da servidora do TRT-2 Camila Oliveira, que vai tratar sobre como as funcionárias públicas serão atingidas pelas mudanças previstas nas propostas de alteração constitucional, e a jornalista Luciana Araujo. Integrante do Movimento Negro Unificado e da Marcha das Mulheres Negras de São Paulo, Luciana vai abordar os impactos da PEC para as mulheres em geral e a população negra em particular. A diretora do Sindicato Luciana Carneiro será a mediadora da atividade.

As servidoras e os servidores podem participar enviando comentários e perguntas. Esta será a 54ª transmissão ao vivo organizada pela diretoria do Sintrajud desde o início do isolamento social para conter a pandemia de coronavírus, com o objetivo de manter o diálogo com a categoria e articular as mobilizações. Participe e divulgue para os seus colegas.