Entidades divulgam consulta sobre interessados na utilização da creche do TRT-2

O Sintrajud, em conjunto com a Associação dos Servidores e Magistrados Contribuintes para a Manutenção do Berçário do TRT-2 e a AMATRA-2, está realizando uma consulta junto aos servidores, servidoras, magistrados e magistradas para saber sobre possíveis interessados na utilização da creche do Tribunal para seus filhos. O formulário pode ser respondido até o dia 4 de novembro (segunda-feira), às 18h, atrás deste link (aqui).

A pesquisa pode ser respondida por servidores e magistrados que tenham filhos na idade de utilização do berçário, para quem está com o bebê a caminho ou planejando ter filhos. O objetivo é demonstrar para a Administração que a creche é um patrimônio do TRT-2 e, por isso, deve ser mantido.  Atualmente, o berçário conta com capacidade de 40 crianças, no entanto, conta com 22 crianças, porque regras como limite de idade e prazo curto, acabam dificultando a ocupação de todas as vagas existentes. A ocupação da capacidade total não aumenta o custo do funcionamento da creche, por isso, um dos objetivos desta consulta é, além da manutenção, a flexibilização das regras de inscrição no berçário.

Para debater a manutenção da creche, foi montada uma comissão com representantes da administração, da Associação de mães e pais e do Sintrajud. A primeira reunião está indicada para acontecer no dia 5 de novembro.

image_print