Doações a desabrigados do Paissandu foram entregues pelo Sintrajud

Crédito da imagem: Marcus Vergne.
Crédito da imagem: Mário Theodoro.

O Sintrajud entregou na quarta-feira passada às famílias acampadas no Largo do Paissandu, vítimas do desabamento do Edifício Wilton Paes de Barros, as doações recebidas durante a campanha de solidariedade organizada pela entidade desde o dia 2 de maio.

Ao todo foram recolhidos nos prédios dos fóruns e tribunais da Capital 70 sacolas de produtos como fraldas descartáveis, absorventes, mamadeiras, sabonetes, lenços umedecidos, roupas infantis e de adultos, além de mantimentos não perecíveis.

Dirigentes e funcionários do Sindicato também fizeram doações. E o Sintrajud – institucionalmente – doou um rolo de lona para cobertura de solo, a fim de evitar que as pessoas dormissem diretamente no chão e sem proteção contra a chuva; corda para delimitação das áreas de atendimento médico, cozinha comunitária e demais necessidades; as pulseiras que asseguraram a identificação de quem vivia no prédio para facilitar o atendimento prioritário às vítimas do edifício; e três barracas de camping adquiridas durante as mobilizações da greve de 2016 que estavam sem utilização no Sindicato.

Leia também:

Desabamento no Paissandu: abandono do Estado é a origem da tragédia anunciada

Ato em solidariedade às vítimas do desabamento reúne milhares em São Paulo

Solidariedade aos desabrigados do edifício Wilton Paes de Almeida