CSP Conlutas Sintrajud Fenajufe
SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL NO ESTADO DE SÃO PAULO
26/mar/2017

Congresso do Sintrajud aprova mobilização contra a reforma da Previdência

Sindicato participará de todas as manifestações convocadas pelas centrais sindicais

Hélio Batista Barboza

O Sintrajud vai participar de todas as manifestações contra a reforma da Previdência convocadas pelas centrais sindicais e forças políticas de luta dos trabalhadores. A proposta foi aprovada neste domingo, 26, na Plenária Final do  8º Congresso do Sintrajud, que sendo realizado no Hotel Terras Altas, em Itapecerica da Serra (SP).

Outra proposta aprovada indicou o dia da votação do relatório da reforma no Congresso Nacional como dia nacional de greves, paralisações e mobilizações na perspetiva da construção da greve geral.

Os servidores decidiram ainda intensificar, com  a CSP-Conlutas, o Fórum Nacional dos Servidores Federais (Fonasefe), a Fenajufe, os Fóruns Unificados em defesa dos Serviços Públicos e o movimento estudantil, a articulação das lutas com as demais centrais e organizações sindicais e populares.

A mobilização do Sintrajud contra a reforma da Previdência vai incluir ainda a criação de fóruns e comitês unificados com as demais categorias de servidores e com trabalhadores da iniciativa privada, bem como a organização de comitês por local de trabalho.

“A reforma da Previdência afetará os trabalhadores da iniciativa privada e do setor público do campo e da cidade, sendo mais cruel ainda com as mulheres, a partir da elevação da idade mínima de aposentadoria para 65 anos e a necessidade de 49 anos de contribuição para garantir a integralidade da aposentadoria”., diz o texto de uma das propostas sobre esse tema.

Mais cedo, os servidores que participam do 8º Congresso aprovaram também um chamado à greve geral contra a terceirização e  as reformas da Previdência e trabalhista.

 

Compartilhar: