Congrejufe aprova calendário de luta por aposentadoria e data-base

Proposta unificada entre as diversas teses reafirma a construção da greve geral convocada pelas centrais para o dia 14 de junho, antecedida de mobilizações nas datas em que estão previstos os julgamentos dos quintos e da data-base no Supremo Tribunal Federal.

Crédito: Joca Duarte.Os delegados e delegadas do 10º Congresso da Fenajufe aprovaram um calendário de lutas unificado para organizar a greve geral em defesa das aposentadorias e a luta pela retomada da data-base. A proposta foi debatida na tarde desta segunda-feira (29 de abril) e inclui a participação no dia internacional de luta dos trabalhadores (1º de maio) e incorporar as mobilizações nos dias em que estão marcados os julgamentos dos quintos (30 de maio) e da data-base (13 de junho) no Supremo Tribunal Federal no processo de construção da greve geral convocada pelas centrais para 14 de junho.

Para garantir a participação dos servidores no ato unitário do 1º de maio, em São Paulo, o Congresso aprovou antecipar a programação e concluir as atividades deliberativas na manhã da quarta-feira. Os congressistas devem sair de Águas de Lindoia, cidade onde acontece o Congrejufe, às 9 horas.

“Aprovar um calendário que unifica os coletivos da Federação é um passo importante na construção conjunta de uma greve geral para derrotar a PEC da Previdência. A categoria reforçou o necessário caráter classista das lutas”, afirmou Claudia Vilapiano, diretora do Sintrajud e servidora da JF/Campinas.

Calendário Unificado dos servidores do Judiciário Federal e MPU contra a “Nova Previdência” do Bolsonaro

1º de Maio: Dia Internacional de Luta dos Trabalhadores
15 de Maio: Dia Nacional de Luta rumo à Greve Geral
22 de Maio: Reunião da coordenação do Fórum Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe)
30 de Maio: Julgamento dos quintos no STF
14 de Junho: GREVE GERAL (adesão à data indicativa das Centrais)
13 de Junho: Retomada do julgamento da data-base no STF

Encontro de Mulheres da Fenajufe

Além do calendário de lutas, foi aprovado o indicativo de construção do 1º Encontro de Mulheres da Fenajufe, em novembro deste ano. O Encontro já havia sido indicado na última Plenária, que aconteceu em Salvador. “Em um momento no qual os números de violência e feminicídio não param de crescer, aprovar a realização do encontro no mês que marca o Dia Internacional da Não-Violência Contra as Mulheres, 25 de novembro, é muito significativo”, destacou Claudia Vilapiano. “Esperamos que o encontro avance para construirmos juntas uma campanha nacional contra o machismo e o assédio sexual nos ambientes de trabalho”, finalizou.

Os debates sobre o plano nacional de lutas da federação seguem nesta terça-feira, 30 de abril.

 

image_print
Fechar Menu

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas