Caravana a Brasília na semana que vem vai pressionar contra aprovação da PEC 32 no Plenário da Câmara


23/09/2021 - Luciana Araujo
Inscrições estão abertas até a próxima segunda-feira, 27 de setembro, às 10 horas, e a proposta é que mais servidores e servidoras participem da pressão junto aos deputados.

Servidores do Judiciário em ato nesta quarta-feira (22), parte das atividades da caravana desta semana (crédito: Valcir Araújo)

Com a decisiva colaboração do partido ‘Novo’ e a substituição de oito integrantes da comissão especial da ‘reforma’ administrativa, às 17h25 desta quinta-feira (23 de setembro), o governo conseguiu aprovar o texto-base da proposta de emenda constitucional 32/2020 no colegiado, com 28 votos a favor e 18 contrários. Não fosse a última manobra para alterar a composição da comissão, o texto não teria sido aprovado.

Quando esta matéria foi publicado estavam sendo discutidos os destaques ao substitutivo, que trouxe de volta a autorização para redução salarial e de jornada em até 25%, contratações “temporárias” por até 10 anos para substituir servidores efetivos, a exclusão da maioria do funcionalismo – inclusive na carreira Judiciária – dos chamados “cargos exclusivos de Estado” e a possibilidade de contratação de agentes privados para prestar serviços públicos. Diante do aumento da intensidade do “trator” imposto pelo Planalto e seus aliados, o Sintrajud está convocando uma assembleia para este sábado e uma nova caravana à capital federal na semana que vem.

Clique aqui para se inscrever para participar da caravana

Todos os servidores e servidoras sindicalizados que tiverem interesse em participar da mobilização para tentar impedir a aprovação da ‘reforma’ no Plenário da Câmara devem preencher o formulário acima. Haverá disponibilização de voos da capital e de cidades do interior, a fim de preservar a segurança sanitária dos caravaneiros e assegurar a saída do estado na segunda-feira (27) à noite ou na terça-feira (28) pela manhã.

Na terça, a primeira atividade é a abordagem aos parlamentares no Aeroporto Juscelino Kubitschek.

A participação de mais servidores nas mobilizações em Brasília é considerada muito importante pelas entidades porque a avaliação geral é que, apesar do golpe desta quinta-feira, o governo ainda não tem os 308 votos necessários em dois turnos de votação para aprovar a PEC.”A mobilização aqui continua bem grande, mas para semana que vem precisamos triplicar, quadruplicar essa participação. E o Sintrajud vai contribuir no aumento desta força, levando mais pessoas para gritar, pressionar, percorrer os corredores do Congresso Nacional contra essa PEC. Tinham retirado o Artigo 37-A, que privatiza os serviços públicos, e o Maia voltou com ele. Permanecem o comprometimento dos concursos públicos, o fim da estabilidade. O texto é praticamente o mesmo do início da ‘reforma’, com a diferença que colocou para as forças de segurança pública direitos que não são garantidos aos demais servidores desde 2003, como a paridade e integralidade na aposentadoria somente para os militares. É muito grave!”, ressaltou a diretora do Sindicato e servidora do TRF-3 Luciana Carneiro.

A direção do Sintrajud ressalta a importância de os servidores e servidoras avaliarem suas condições de permanecer em Brasília durante a semana, e reitera que os participantes da caravana tenham assegurado o ciclo vacinal contra a covid-19 completo, não estejam com sintomas da síndrome do novo coronavírus, nem tenham mantido contato com pessoas que possam estar infectadas. Conviventes com pessoas que integram os grupos de risco também devem avaliar sua participação na atividade.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Generic selectors
Apenas termos exatos
Buscar nos títulos
Buscar nos conteúdos
Buscar em Publicações
Buscar nas páginas