CSP Conlutas Sintrajud Fenajufe
SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL NO ESTADO DE SÃO PAULO
09/abr/2018
Esta notícia foi lida 267 vezes

ATUALIZAÇÃO: Encontro do Movimento Mulheres em Luta discute crise, direitos e violência

Sindicato vai custear participação das servidoras do Judiciário Federal no Estado de São Paulo filiadas ao Sintrajud. Inscrições foram prorrogadas até às 15 horas de segunda-feira (16 de abril).

Luciana Araujo

Acontece em São Paulo, entre os dias 20 e 22 de abril, o 2º Encontro Nacional do Movimento Mulheres em Luta (MML). O evento reunirá participantes de várias regiões no Sindicato dos Metroviários de São Paulo para debater os impactos da crise econômica e política sobre a vida das trabalhadoras brasileiras, e vai também comemorar os primeiros dez anos de existência do MML.

O MML foi criado em 2008, enfrentou os governos do PT e os ataques e reformas do governo Temer, assim como os projetos da bancada conservadora do Congresso Nacional que atacam os direitos democráticos, “como os que aumentam a criminalização do aborto”, ressalta a convocatória do evento.

Por ser atividade de um movimento vinculado à central sindical da qual o Sintrajud é filiado, a CSP-Conlutas, o Sindicato custeará o valor da inscrição das servidoras do Judiciário Federal no Estado sindicalizadas (R$ 170,00).

Diante da prorrogação do  prazo de inscrições pela organização do evento, até a próxima segunda-feira, as interessadas deverão se inscrever até às 15 horas deste dia 16 de abril, com a funcionária Juliana, pelo telefone (11) 94559-0005, que também recebe mensagens pelo WhatsApp. Originalmente o prazo encerraria na data de hoje.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo fica na Rua Serra do Japi, 31 – Tatuapé.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira – 20 de Abril
17 às 21h – Credenciamento e recepção de delegações

Sábado – 21 de Abril
07h30 às 14h – Credenciamento
09h – Mesa de abertura ‘Viva o protagonismo das mulheres trabalhadoras nas lutas do nosso tempo’
10 às 12h – Mesa ‘Crise econômica e aprofundamento do machismo e toda forma de opressão: os desafios e tarefas do movimento de mulheres frente à situação política do Brasil e do mundo’
12 às 14h – Almoço
14 às 14h30 – Apresentação do plano de lutas
14h30 às 18h30 – Grupos de debate sobre temas específicos e plano de lutas
​Mulheres negras e a luta contra o racismo
Mulheres e orientação sexual
Mulheres e identidade de gênero
Mulheres e a luta por creches/educação infantil
Mulheres aposentadas
Mulheres jovens
Mulheres operárias
Mulheres e espaços sindicais
Mulheres do campo
​​Mulheres indígenas
Mulheres e a luta pela legalização do aborto
Mulheres e a luta pelo território
Mulheres e a luta contra a imposição de um padrão estético/gordofobia
Mulheres e encarceramento
Mulheres e a luta contra a violência machista
Mulheres e a luta por saúde integral
Mulheres e manifestações culturais
Mulheres e a luta pela educação
Mulheres e relações internacionais

19 às 20h30h – jantar

Domingo (22 de Abril)
09 às 11h30 – Fortalecer o trabalho de base e a organização do MML
11h às 11h30 – Eleição da nova Executiva Nacional
11h30 às 13h – Votação das resoluções
13 às 14h30 – Almoço
14h30 às 17h – Oficinas temáticas: Autodefesa / Hip Hop / percussão / bateria

Atualizada em: 13/04/2018 às 17h.

Compartilhar: